Logo E-Commerce Brasil

De olho nas datas sazonais: PMEs aproveitam visibilidade do iFood para impulsionar vendas

Por: Júlia Rondinelli

Editora-chefe da redação do E-Commerce Brasil

Jornalista formada pela Faculdade Cásper Líbero e especialização em arte, literatura e filosofia pela PUC-RS. Atua no mercado de <nowrap>e-commerce</nowrap> desde 2018 com produção técnica de conteúdo e fomento à educação profissional do setor. Além do portal, é editora-chefe da revista E-Commerce Brasil.

As datas sazonais do e-commerce são de suma importância para impulsionar vendas e garantir o crescimento sustentável de um empreendimento, sobretudo os menores. Mas, cada vez mais, datas fora da curva podem promover oportunidades de vendas, aumento de receita e awarness de uma marca por meio da visibilidade de cada nicho.

Para ilustrar esse, caso, em virtude do Dia do Hambúrguer (hoje, 28 de maio), o iFood divulgou que o item é o mais vendido pelo aplicativo, com uma soma de 81 milhões de pedidos realizados em 2023.

Essa informação é relevante sobretudo para as pequenas e médias hamburguerias, que tiveram aumento de 19% na plataforma. 3 mil novas lojas com essa culinária entraram no aplicativo em 2023, sendo 76% PMEs.

“O Dia do Hambúrguer se destaca não apenas como uma celebração de uma preferência gastronômica, mas também como um momento para refletir sobre o impacto econômico e social no setor de alimentação”, explicou Beatriz Pentagna,r líder da área de Restaurante no iFood.

“Em 2023, vimos o aumento de novas hamburguerias no app, muitas delas pequenas e médias empresas, que encontraram nas plataformas digitais uma ponte para o crescimento”, completa.

Além disso, as PMEs são destaque em outras categorias do aplicativo. Hoje, mais de 70% da base de restaurantes cadastrados no iFood são deste grupo.

“O iFood entende o seu papel no suporte à existência e desenvolvimento desses negócios. É dessa forma que também ajudamos a impulsionar a economia local e fortalecemos as comunidades, demonstrando o potencial da tecnologia para gerar benefícios financeiros e sociais”, afirma Pentagna.

Cenário nacional

De acordo com um levantamento do Serasa Experian, mais de 3,9 milhões de empresas foram criadas em 2023, sendo o setor de serviços de alimentação o que mais contribuiu para a abertura de novos negócios no período.

Luiz Rabi, economista do Serasa Experian, acredita que os motivos foram “o aumento da demanda por comida pronta, o uso cada vez maior de aplicativos de entrega, baixos custos iniciais para abertura e uma vasta gama de possibilidades criativas podem explicar o porquê de o segmento liderar o surgimento de novos negócios. Além disso, o Brasil oferece um ambiente propício para inovação e é terreno fértil para o empreendedorismo.”

O levantamento mostra ainda que a região Sudeste é a mais fértil para os novos empreendimentos, com São Paulo à frente (1.160.549 de novos negócios apenas em 2023).

De acordo com o Relatório Setores do E-Commerce no Brasil da Conversion, o iFood é a oitava plataforma de marketplace mais acessada do país, com 61.885.540 acessos apenas em janeiro de 2024.

Em uma palestra realizada no Congresso Grocery & Drinks deste ano, Murilo Massari, Diretor Comercial do iFood, explicou que o maior pilar da plataforma hoje é o fomento do engajamento entre a indústria e os parceiros para que eles conversem com a realidade dos consumidores.

Atualmente, a plataforma está presente em mais de 1.700 cidades e pelo menos 330 mil estabelecimentos parceiros.