Logo E-Commerce Brasil

Google disponibiliza formato de anúncios imersivos 3D para todos os anunciantes

Por: Júlia Rondinelli

Editora-chefe da redação do E-Commerce Brasil

Jornalista formada pela Faculdade Cásper Líbero e especialização em arte, literatura e filosofia pela PUC-RS. Atua no mercado de <nowrap>e-commerce</nowrap> desde 2018 com produção técnica de conteúdo e fomento à educação profissional do setor. Além do portal, é editora-chefe da revista E-Commerce Brasil.

O Google disponibiliza hoje para todos anunciantes o Swirl, um formato imersivo de anúncio em 3D que permite uma nova forma de interação. O formato faz parte do Display & Video 360 e havia sido lançado de forma beta em junho de 2019.

No Brasil, algumas empresas já usaram o Swirl, como a Hyundai, para o lançamento do novo HB20 em 2019, sendo a primeira peça feita no formato pela marca no mundo e a primeira da vertical de Autos na América Latina. Recentemente, a Samsung, junto à agência Mutato, criou anúncios em 3D para os novos Galaxy S20, em uma ação inédita para o segmento de tecnologia no Brasil. No anúncio, é possível observar cada aspecto do conjunto de câmeras e design, levando as percepções do físico ao digital.

Sobre o Swirl

O Swirl permite que os consumidores interajam com o produto como se estivessem diante deles. Dessa forma, possibilita que os usuários façam rotações, aproximem e expandam o produto no anúncio.

Com o formato Swirl, as marcas podem mostrar o desempenho de novas tecnologias, recursos exclusivos de produtos e muito mais. Empresas que já vêm testando os anúncios Swirl relataram ótimos resultados para várias anúncios de campanhas. Isso inclui um aumento da consideração, ao mostrar os recursos do produto, construção de marca e, até mesmo, mudanças de comportamento.

No exterior, a Purina queria mostrar aos donos de cães e gatos como seus alimentos para animais Purina ONE podem fazer a diferença na saúde deles em apenas 28 dias. Para isso, a empresa se juntou à agência criativa Mediamonks para criar um anúncio Swirl, mostrando o comportamento de um animal de estimação saudável, que come o produto.

O anúncio permite que o usuário brinque com um cão em 3D no anúncio. Por consequência da sua experiência interativa, o formato levou a um aumento de seis vezes no engajamento (versus anúncios em 2D).

Case Purina

Exemplo de anúncio 3D – Purina/Fonte: Google.

Case Adidas

Já a Adidas América Latina queria capturar a atenção do usuário e mostrar o novo modelo inovador do tênis Adidas Ultra Boost 2019. Sendo assim, eles se juntaram à agência de criação EdgeDNA para criar anúncios Swirl que permitem que os compradores em potencial tenham uma visão mais próxima e realista, sem precisar visitar uma loja.

Como resultado, o formato gerou uma taxa de engajamento quatro vezes maior do que os benchmarks de rich media e tiveram um tempo de visualização médio de 11 segundos, indicando que a atenção do usuário foi alcançada.

Exemplo de anúncio 3D – Adidas/Fonte: Google.

Como funciona?

Para começar a criar um anúncio Swirl, é possível fazer o upload de assets 3D pré-criados no Google Web Designer. A ferramenta possibilita a criação e uso dos novos templates Swirl.

Além disso, marcas e agências também podem editar, configurar e publicar modelos fotorrealistas de alta qualidade para usar em anúncios de display imersivos, por meio da plataforma 3D do Google (Poly).

Página com recursos e dicas de como começar a usar o formato Swirl aqui.

Leia também: Google vai permitir anúncios gratuitos em ferramenta de buscas.