Redação E-Commerce Brasil

Frete é o fator que mais impacta negativamente a venda para 62% dos lojistas brasileiros

Terça-feira, 13 de julho de 2021   Tempo de leitura: 3 minutos

Pesquisa da Melhor Envio com o E-Commerce Brasil criou um panorama sobre a situação logística dos lojistas de e-commerce brasileiros.

Same Hour, Same Day, Next Day Delivery: novas demandas da logística

Quando questionados sobre o nível de conhecimento no setor de logística, 40% afirmaram que sabem o intermediário, ou seja: entendem o suficiente para vender online.

Na marca dos 17%, três respostas:

  • “Avançado – Tenho regras de fretes configuradas”;
  • “Básico – Estou aprendendo mais sobre logísticas de fretes”;
  • “Principiante – Não entendo muito como funciona”.

Por fim, 9% dizem especialistas em logística, ou seja: têm experiência no assunto e dão conselhos sobre o assunto.

Canal de venda

Dos entrevistados, 72% afirmaram que vendem pelo e-commerce, seguido de perto pelas vendas em marketplace, com 62%, sendo que era possível responder mais de uma alternativa.

As vendas por WhatsApp (41%) e Instagram (30%) e Facebook (22%) também tiveram uma boa representação no número de vendas dos respondentes.

As marcas dentro das redes sociais

Logística e o impacto nas vendas

Além disso, para grande maioria dos lojistas, o item que mais impacta negativamente suas vendas é o valor do frete, com 62% das respostas. Na faixa dos 9% os respondentes citaram ainda: não ter à disposição um motoboy próprio para entrega no mesmo dia e não saber melhorar a gestão de frete do e-commerce.

Na faixa dos 6%: poucas opções de entrega e dificuldade para envios em áreas distantes ou de difícil acesso foram as duas respostas encontradas.

Na faixa dos 4%: demora no despacho das encomendas e não ter contrato com a transportadora.

Uso de transportadoras

41% dos respondentes afirmaram ainda que só contam com duas opções de transportadora para oferecer aos seus clientes. Em seguida estão os lojistas que oferecem apenas uma opção, com 34% das respostas.

Além disso, 13% oferecem 3 opções e 11% mais de três.

Os Correios são a opção de transporte de mercadorias mais utilizada pelos respondentes, com 38% das respostas quando questionados sobre qual transportadora é usada com mais frequência.

28% usam mais uma transportadora privada, enquanto 24% contam com uma plataforma online de gestão de fretes para as entregas do e-commerce.

Por fim, 9% afirmaram que usam a forma de envio disponibilizada pelo marketplace.

Leia também: BIS e FMI pedem coordenação global sobre moedas digitais de bancos centrais.

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER