Redação E-Commerce Brasil

ZapCommerce: alternativa para ativar as vendas do comércio na quarentena

Sexta-feira, 27 de março de 2020   Tempo de leitura: 4 minutos

Lançado no final de 2018, o ZapCommerce tem ajudado as empresas que atuam com o conceito omnichannel, porém, atende neste momento de crise também à demanda de outro tipo de operação: comerciantes que tiveram que fechar seus pontos físicos por conta das ações contra o Covid-19.

Nesse caso, pesa a favor do app, que tem uma versão gratuita, a facilidade de configuração e de uso. O aplicativo desenvolvido pela JET automatiza as vendas pelo WhatsApp e outros apps de mensagens.

De forma simples, o lojista consegue conversar com seus clientes pelo WhatsApp, apresentar os produtos e fechar a venda em um ambiente seguro.

Uma das vantagens mais importantes é que as informações são devidamente registradas, o que facilita a gestão da loja, usando apenas o smartphone.

É preciso considerar ainda que, no caso do WhatsApp, trata-se de um app que é usado por praticamente todo mundo. Para se ter ideia, são mais de 120 milhões de usuários apenas no Brasil.

Essa popularidade do aplicativo é uma grande aliada dos comerciantes, uma vez que os clientes estão acostumados com o ambiente do app e passam boa parte do tempo conectados nele.

Da parte do consumidor, outro ponto positivo é fato de o cliente ter à disposição um ambiente seguro para fechar a transação.

Nesse momento de busca de novas soluções, o ZapCommerce é uma saída também para operações de menor porte que, de repente, ficaram sem ter como fazer a venda de seus produtos e serviços nas lojas físicas.

Comércio eletrônico mostra sua força

É importante lembrar que as medidas foram repentinas, então, muitas empresas não têm problemas de estoque. Ou seja, as mercadorias estão disponíveis e existe demanda para elas. Por isso, ajuda bastante ter uma ferramenta que viabilize o contato do cliente com a loja.

Não tem sido fácil enfrentar os desafios impostos pela crise provocada pelo Covid-19. A impossibilidade de manter o atendimento ao público nas lojas físicas é um desafio para todos, em especial para o comércio varejista.

Uma das alternativas é concentrar os esforços no comércio eletrônico. Para quem já tem uma loja virtual, é uma maneira de continuar gerando negócios.

O aumento das vendas online já aconteceu e deve se acentuar nas próximas semanas. Pesquisa realizada pela NZN Intelligence indica que 49% dos brasileiros consideram reavaliar seus gastos, sendo que 71% afirmam que pretendem aumentar o volume de compras online.

Quando se trata de prioridade, foram indicados como principais os produtos de higiene (80%), alimentos e bebidas (72%) e remédios (63%).

Deixe seu comentário

1 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  1. Marcia o Zoológico de São Paulo já vendeu uma grande quantidade de ingressos utilizando o ZapCommerce, assim como os mais de 40.000 vendedores que criaram conta no aplicativo. De qualquer forma sua opinião é muito importante.

    Temos uma equipe dedicada a entender o comportamento de compra para ebtregar a melhor experiência de compra.
    Nos colocamos a disposição para ajudá-la.

    Responder

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.