Redação E-Commerce Brasil

Em 6 meses, Webjump movimenta R$ 6 bilhões no mercado brasileiro de e-commerce

Segunda-feira, 13 de setembro de 2021   Tempo de leitura: 3 minutos

As soluções de e-commerce desenvolvidas pela Webjump, empresa de tecnologia focada em transformação digital, levaram seus clientes a faturar, no total, cerca de R$ 6 bilhões no primeiro semestre de 2021.

Esse resultado se relaciona ao bom momento vivido pelo comércio eletrônico no país, tanto o B2B quanto o B2C – este movimentou, segundo a Neotrust, R$ 35,2 bilhões no primeiro trimestre de 2021, 72,2% mais que no mesmo período de 2020. No B2B do mundo todo, o comércio online ganha corpo como estratégia de negócio: pesquisa da McKinsey em 12 países mostra que 41% dos líderes das empresas do segmento veem o e-commerce como principal rota de efetivação de transações.

Nesse panorama, áreas de negócio reinventaram a própria dinâmica de relacionamento com distribuidores e clientes finais. Um bom exemplo é o do setor de alimentos e bebidas. Nele, grandes empresas criaram canais online que conectam restaurantes e bares aos consumidores, fomentando transações.

Mas o volume de faturamento verificado pelos clientes da Webjump no primeiro semestre do ano vai além desse contexto geral favorável, uma vez que o sucesso de um projeto de e-commerce depende substancialmente da estratégia que o arquitetou.

A eficácia do trabalho da Webjump está bastante relacionada à sua metodologia. A empresa atua de maneira integrada, com o intuito de unificar estratégia e desenvolvimento na criação de produtos digitais que estejam alinhados com os objetivos de seus clientes.

Sistema orgânico

Cada projeto é conduzido por um Time de Experiência que congrega expertises de três áreas diferentes, chamadas, nesse tipo de proposta, de capítulos ou chapters: analytics, design e front-end, reunidos sob uma mesma liderança. Por sinal, atuar com equipes multidisciplinares é uma característica determinante na cultura da Webjump: todos os processos de trabalho na empresa são realizados por squads que reúnem profissionais de diversos departamentos – front-end, back-end, engenharia, arquitetura de software, design, agile, BDM (business development manager) e quality assurance.

É por meio desse sistema orgânico de atuação, cuja premissa é a melhor experiência possível para o usuário, que o cenário promissor que se apresenta para o e-commerce pode ser explorado em todo o seu potencial, gerando retornos positivos para as empresas que investem de maneira inteligente no segmento.

Para mais informações, acesse webjump.com.br

Inclusive, caso você queira fazer parte do time da WEBJUMP, confira as vagas abertas em webjump.com.br/carreiras

Leia também: Pix Saque e Pix Troco estarão disponíveis a partir de 29 de novembro.

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER