Logo E-Commerce Brasil

Trabalhe com impacto: João Branco fala sobre como ver propósito em qualquer trabalho

Por: Júlia Rondinelli

Editora-chefe da redação do E-Commerce Brasil

Jornalista formada pela Faculdade Cásper Líbero e especialização em arte, literatura e filosofia pela PUC-RS. Atua no mercado de <nowrap>e-commerce</nowrap> desde 2018 com produção técnica de conteúdo e fomento à educação profissional do setor. Além do portal, é editora-chefe da revista E-Commerce Brasil.

João Branco foi vice-presidente de marketing do McDonald’s e responsável por alavancar as vendas do Big Mac no Brasil, entre diversas outras campanhas de sucesso, esteve na gigante do fast food durante nove anos. O executivo, no entanto, sempre disse que não vendia hambúrgueres, mas sim satisfação. Em sua palestra durante o Fórum E-Commerce Brasil 2023, ele falou sobre encontrar propósito em qualquer profissão e fazer a diferença tanto na vida dos clientes quanto dos colegas de trabalho.

João Branco, ex-vp de marketing do McDonald's, no palco do Fórum E-Commerce Brasil 2023.
João Branco falou sobre colocar intenção no trabalho para o ganho de propósito nas relações interpessoais/Imagem: Júlia Rondinelli

Direto ao ponto

João Branco chegou falando sobre “sair daqui melhor do que entramos”.

“Vamos fazer de conta que amanhã às 21h todos os veículos de comunicação vão parar suas programações e colocar um vídeo de 1 minuto seu no ar”. A pergunta: “o que você falaria neste um minuto? Como usaria este tempo?”.

O executivo trabalhou por mais de 20 anos com marketing em segmentos variados até chegar ao McDonald’s e vivenciou um período histórico da companhia, que alcançou resultados gritantes na preferência do consumidor e nas vendas globais da marca. “Foi o período em que o McDonalds virou Méqui no Brasil”, ele pontuou.

Mesmo com toda esse mérito, ele chegou a um ponto em que começou a se questionar sobre sua carreira até ali: “o que você fez nos últimos anos na sua profissão?”.

“Nove anos passaram assim e eu nem percebi. Não foi o McDonald’s que fez isso comigo. Foi o tempo”. Rotina, vida pessoal, corrida de obstáculos diária balanceando família e trabalho, ainda mais com crianças pequenas em casa, além, é claro, de uma vida profissional intensa.

A reflexão, segundo ele, é fazer a conta de quanto tempo o trabalho ocupa no dia de cada um dos presentes no auditório e como esse período será lembrado no futuro: “se metade do seu dia é gasto no seu trabalho, na verdade seu trabalho não é só trabalho”.

Ele associou ainda a vida a um passeio de mais ou menos 80 anos: “como você aproveita o seu passeio?”, perguntou. Ao chegar no fim da carreira e da vida, o que será lembrado? “Será que era isso mesmo o que deveria ter feito?”.

Ele conta que chegou a um ponto em que se questionou sobre suas atividades: “neste momento, médicos salvam vidas e bombeiros apagam incêndios e eu estou fazendo promoções de drive thru”. “Mas, ao mesmo tempo, se só houvesse médicos e bombeiros, não teríamos o que comer, vestir, usar etc”.

Qualquer trabalho pode ter propósito

Para o executivo, não é preciso mudar de trabalho para encontrar propósito, e sim aplicar intenção no trabalho para que ele tenha o maior impacto possível em cada pessoa alcançada por ele.

A dica principal é que “as intenções importam” e que as pessoas percebem isso, seja onde for. Ele afirmou, inclusive, que a intenção está em um bom dia, em uma mensagem de feliz aniversário, na forma como as pessoas se comunicam e entregam suas demandas.

“Então trabalhe com a intenção certa. Não é falsidade, é ser intencional: o melhor para a execução deste trabalho. Para que eu vim aqui hoje? Como será o meu dia?”. Para ele, parar e pensar nas pessoas que serão impactadas pela sua jornada pode criar um grande diferencial no dia de pessoas que nem sabemos que serão afetadas por nós.

“Tem um monte de gente que precisa de você amanhã”, ele enfatizou. “Milhares de pessoas precisaram trabalhar para que estivéssemos aqui hoje”.

Seu trabalho não é uma lista de tarefas completas

Branco entende que o trabalho é um lugar onde se coloca em prática o que se sabe fazer pelo outro, independente do grau de importância de cada função. Satisfação de necessidades passa pelo trabalho de muitas pessoas em áreas diferentes.

“Quando a gente trabalha sabendo que fazemos a vida de alguém melhor, trabalhamos melhor também”, ele pontuou. Isso porque ele enxerga uma oportunidade de motivar e ajudar os colegas de trabalho todos os dias: “o seu trabalho é o lugar em que você mais vai tocar vidas diariamente”.“Talvez não exista uma forma mais prática de amar o próximo do que fazer o seu trabalho bem-feito com a intenção certa”, ele completa.

Excelência = amor ao próximo

“Seja o melhor na sua função que você puder”, orientou o executivo. Isso porque ele entende que ninguém é igual, com o conjunto de vivências e experiências, pois cada vez que realizamos uma função, colocamos um pouco de nós na execução. “Entregue o seu melhor, porque o outro merece”, completou.

“Atender 2 milhões e meio de clientes por dia é um desafio enorme. Mas toda vez que a gente acerta é uma oportunidade de fazer alguém sair de um Mc mais feliz do que entrou. Meu trabalho nunca foi vender pão, carne e queijo, mas sim auxiliar um time de marketing e mudar a vida de clientes”.

Tudo se resume ao impacto na vida das pessoas

No final não é sobre a função em si, mas sim o que isso gerou nas pessoas que foram impactadas pelo seu trabalho: “Não é vender batata frita, foi a intenção que eu coloquei na atividade e como isso impactou as pessoas ao meu redor”, ele concluiu.

Dê propósito

Nesse um minuto na frente de todo mundo, disponível em todas as mídias, esse é o assunto que ele gostaria de falar. E você, como está usando essa oportunidade de legado e de deixar sua marca? O que diria neste um minuto?