Logo E-Commerce Brasil

Sustentabilidade é cada vez mais importante na escolha das embalagens para e-commerce

Por: Redação E-Commerce Brasil

Equipe de jornalismo E-Commerce Brasil

Na hora de escolher a melhor solução de embalagem para acondicionamento e transporte das mercadorias no e-commerce, aspectos de sustentabilidade ganham tanta relevância quanto funcionalidade e proteção.

Questões como a redução da pegada de carbono, a circularidade do material e a redução das perdas proporcionadas pelas soluções de acondicionamento em toda a cadeia são cada vez mais importantes na avaliação das embalagens.

“Os mercados estão cada vez mais exigentes quanto à pegada ambiental das empresas e estamos comprometidos com esta agenda apresentando soluções alinhadas com essas demandas”, afirma Nivaldo Fernandes de Oliveira, diretor superintendente da Termotécnica, uma das maiores indústrias transformadoras de embalagens de EPS (mais conhecido como isopor*) da América Latina e líder no mercado brasileiro.

Embalagens de EPS geram redução de custos com frete e emissões de CO2 no transporte 

Com as altas dos combustíveis que, por sua vez, pressionam os custos logísticos, principalmente os fretes rodoviários, soluções que minimizem estes impactos são muito bem-vindas. Por serem fabricadas com um material mais leve e com design que facilita o manuseio na armazenagem e transporte dos produtos acondicionados, as embalagens em EPS da Termotécnica proporcionam inúmeras vantagens logísticas em toda a cadeia.

Na questão do custo logístico, as embalagens em conjunto com os pallets produzidos pela Termotécnica, ambos de EPS, podem proporcionar uma redução de até 70% no peso total das cargas em relação a outros tipos de embalagens.

A redução do peso das cargas no transporte também gera reflexos ambientais significativos. A Termotécnica encomendou um estudo realizado pela consultoria ambiental Green Domus, onde foram comparadas as emissões de GEE (Gases do Efeito Estufa) para transporte de cargas de uvas simulando um cenário em conservadoras e paletes de EPS e em caixas de papelão com paletes de madeira. Como resultado, as emissões presentes no transporte terrestre de uva em embalagens e paletes de EPS foram 9,52% menores do que em embalagens de caixas de papelão e paletes de madeira, uma diferença de 89,13 toneladas, uma redução de CO2 equivalente às atividades diárias de 3.155 pessoas.

Embalagens em EPS pós-consumo: reciclagem, logística reversa e economia circular na prática

O que fazer com as embalagens no seu pós-uso? O Programa Reciclar EPS, criado há 15 anos de forma voluntária e antecipando-se à Política Nacional de Resíduos Sólidos, marca o pioneirismo e a vanguarda da Termotécnica nas questões de sustentabilidade. Desde 2007, a empresa já reciclou aproximadamente 48 milhões de quilos de EPS de embalagens pós-consumo – o que equivale a uma área de mais de 10 estádios do Maracanã – que foram transformadas em nova matéria-prima comercializada no mercado com a marca REPOR. 

Os anos de 2021 e 2022 foram de intensificação no desenvolvimento de produtos REPOR de maior qualidade para inserção em peças de clientes com conteúdo de material reciclado, permitindo seu uso em aplicações mais nobres. É o caso da parceria da Termotécnica com a Unigel e Electrolux. Na prática, as embalagens em EPS de eletrodomésticos retornam para a cadeia produtiva após cumprirem com a sua função, sendo transformadas em novos componentes duráveis que serão incorporados aos refrigeradores da Electrolux.

O pioneirismo da Termotécnica na reciclagem gerou uma transformação positiva na percepção da sucata de EPS – que passou a ser valorizada. Esta mudança vem movimentando o mercado com a entrada de novos players na industrialização e comercialização de EPS reciclado, o que é benéfico para o meio ambiente. 

Embalagens em EPS da Termotécnica contribuem para redução de perdas de alimentos em toda a cadeia

E em todo o mundo, 1 bilhão de pessoas passam fome, enquanto 1/3 de todo o alimento produzido é perdido nos processos de produção e distribuição ou vão para o lixo nas etapas de comercialização e consumo. Membro do Save Food Initiative desde 2004 e uma das poucas empresas brasileiras entre as signatárias deste movimento da FAO (Food and Agriculture Organization), a Termotécnica desenvolve soluções de conservação que estão em linha com esse movimento contribuindo para redução de perdas e desperdícios de alimentos em toda a cadeia de produção, distribuição e consumo.  

As conservadoras produzidas pela Termotécnica proporcionam uma atmosfera ideal, aumentam o shelf life dos alimentos e dessa forma contribuem para reduzir significativamente as perdas mantendo a qualidade e frescor dos FFLVs (Flores, Frutas, Legumes e Verduras) e também de pescados em toda a cadeia. As conservadoras já são largamente utilizadas pelo mercado de norte a sul do país além de proteger os produtos frescos que são exportados pelo Brasil. Em 2019, a companhia conquistou a premiação WorldStar, concedida pela WPO (World Packaging Organization), um dos mais importantes reconhecimentos do mercado de embalagens, nas categorias Food e Save Food pelos atributos de suas soluções no mercado.

Relatório de Sustentabilidade Termotécnica

Nesta sétima edição, a Termotécnica completa 10 anos do Relatório de Susten­tabilidade e também da criação do Comitê de Sustentabilidade formado por profissionais de diversas áreas da empresa. Para o reporte das ações relativas ao biênio 2021/2022, a Termotécnica segue os GRI (Global Reporting Initiative) Standards, o Pacto Global das Nações Unidas e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). 

Por meio deste documento, elaborado a cada dois anos e de acordo com as diretrizes globais do GRI, apresentamos aos stakeholders a estratégia ESG Termotécnica e registramos nossos compromissos em relação aos aspectos de governança, social e ambiental”, afirma o presidente da Termotécnica, Albano Schmidt. 

Veja os destaques do Relatório de Sustentabilidade ciclo 2021|2022:

GOVERNANÇA | PERENIDADE DO NEGÓCIO 

Mitigação de risco de atendimento com zero parada de clientes just in time 
Alto nível de satisfação dos clientes: 8,98 
Expansão de atendimento no Agronegócio 
Prêmio Inovação Catarinense – Empresa Inovadora (FAPESC) 
10 anos do Comitê e de Relatórios de Sustentabilidade
Soluções Casa e Decoração, E-commerce e Bebidas 

SOCIAL | VALORIZAÇÃO DAS PESSOAS 

Promoções alcançaram 10% do quadro funcional no último biênio 
Alta retenção de talentos: mais de 50% dos colaboradores com 5 anos de empresa
Maior índice de horas de treinamento por colaborador nos últimos 10 anos
Prêmio Proteção Brasil – Troféu Ouro para Atuação da CIPA em 2021
Três unidades com zero acidentes 

AMBIENTAL | ECONOMIA CIRCULAR NA PRÁTICA 

Crescimento no volume de embalagens pós-consumo recuperadas 
Ampliação na introdução de materiais reciclados nos produtos
48 milhões de quilos de EPS recolhidos e reciclados desde 2007
Redução de 90% nas emissões totais de CO2 desde 2012 
100% de compra de energia renovável a partir de 2022
Valorização do REPOR com novas aplicações no mercado
Crescimento no reaproveitamento de resíduos

  *isopor é uma marca registrada de empresa terceira