Logo E-Commerce Brasil

Como o WhatsApp contribuiu para a digitalização do público 50+ do banco Mercatil

Por: Giuliano Gonçalves

Jornalista e editor do portal E-Commerce Brasil, possui formação em Produção Multimídia pelo SENAC e especialização em técnicas de SEO. Sua missão é espalhar conteúdos inspiradores.

Como transformar digitalmente um banco de mais de 80 anos, que ainda preserva o foco em agências físicas por conta do público majoritário de 50+? Para o Banco Mercantil, “pisar” nessa transformação digital começou em um dos seus produtos oferecidos, batizado de Saque Aniversário. Para tanto, o banco fez uma parceria com a Enext para desenvolver um chatbot que conectava o cliente à toda jornada do produto em questão. Acompanhe a seguir os insights trazidos pelos especialistas durante a Conferência MG 2024.

Foto de palestrantes sobre palco de evento
Para Collodoro (à esquerda) e Martinez, aposta na estratégia full funnel foi assertiva, principalmente em relação ao ganho de marca e fidelização com as pessoas / Foto: Lucas Kina

O principal objetivo da digitalização, segundo Renan Collodoro, Gerente de Growth Marketing do Banco Mercantil, era: aumentar o conhecimento e marca para além de Minas Gerais; expandir o portfólio, para clientes mais novos; e aumentar a receita. “Não só deu certo, como em 2023 conseguimos expandir a forma como as campanhas de marketing era pensada, agora full funnel (campanhas com foco em brand awareness). Além de vender, agora conseguimos atrair novos clientes”.

Como falar no digital com o perfil de cliente

Vitor Martinez, Head de Mídia e Negócios da Enext, completou dizendo que era preciso entender com quem o banco falava e como falar com esse perfil para aumentar o valor de receita ao longo do ano. A campanha, nesse caso, era de fundo de funil (estágio final do processo de venda).

“O principal ponto pautado era: havia um valor alto de investimento, mas era preciso personalizar de acordo com quem a empresa queria falar. Como falar de empréstimo de forma sutil e diferente dos demais bancos, uma vez que o dinheiro já seria do cliente?”, explica Martinez Para isso, ele diz que as campanhas tinham um clima mais descontraído em vídeos com personalidades para otimizar esse ponto de comunicação.

Da campanha, Collodoro conta que a pessoa era automaticamente levada ao WhatsApp, do início ao fim, até o dinheiro estar em sua conta. “Toda a instrução era comunicada passo a passo via aplicativo de mensagem, e o pagamento do FGTS realizado em cerca de 15 minutos”.

Resultados da digitalização

Desde o início da campanha de branding, de acordo com os especialistas, houve um aumento de 49% no reconhecimento do produto, 10% na taxa de conversão no último ano e praticamente o dobro de receita (93%).

“Deu tão certo que, hoje, vemos empresas como Nubank e Picpay seguindo essa receita. Isso mostra como a aposta na estratégia full funnel foi assertiva, principalmente em relação ao ganho de marca e fidelização com as pessoas”, lembra Martinez.

Para 2024, o Banco Mercatil espera seguir ampliando os pontos de contato. Entre as próximas novidades, há o interesse em oferecer mensagens de áudio via WhatsApp para pessoas ainda não alfabetizadas. “Hoje, as conversas são 100% via textos, mas essa opção está em nosso radar para tornar a experiência ainda mais inclusiva”, concluiu Collodoro.


Perdeu alguma palestra? A cobertura completa da Conferência MG está disponível no E-Commerce Brasil.