Logo E-Commerce Brasil

Americanas lança loja em metaverso gamer e leva experiência da loja física para os jogos online

Por: Dinalva Fernandes

Jornalista

Jornalista na E-Commerce Brasil. Graduada em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade Anhembi Morumbi e pós-graduada em Política e Relações Internacionais pela FESPSP. Tem experiência em televisão, internet e mídia impressa.

A Americanas é a primeira marca a ganhar uma loja em um dos servidores do MetaEXP, metaverso baseado na gameplay de Grand Theft Auto V (GTA). A partir de agora, as mais de 2 mil pessoas ativas no servidor CryptoSoulRP, que reproduz a cidade do Rio de Janeiro, poderão visitar a loja online da Americanas no mapa para interagir, realizar compras – com dinheiro virtual – de itens como alimentos e bebidas para seus avatares, e também produtos eletrônicos. Segundo a empresa, a unidade será base para o cumprimento de diversas tarefas do game e para atender as necessidades dos personagens. 

Imagem: Divulgação

A loja da Americanas no CryptoSoul é uma das iniciativas da IF – Inovação e Futuro, motor de inovação da Americanas S.A. que conecta startups, universidades e empresas para o desenvolvimento de iniciativas disruptivas. “Se queremos proporcionar ‘tudo, a toda hora em qualquer lugar’, isso também inclui oferecer produtos e serviços que somam o que o mundo tem de melhor para melhorar a vida das pessoas dentro de universos virtuais”, explica Alexandre Messina, gerente de inovação da IF. 

O MetaEXP é o primeiro lançamento da EnablersDAO, organização que cria e acelera negócios na web3. Ele é baseado no modelo live-and-earn (viver e ganhar), o que permite aos jogadores assumirem uma vida alternativa em que podem exercer profissões e cumprir tarefas em troca de $CRPLAY, a moeda do metaverso utilizada para compra de ativos dentro do jogo – como imóveis, empresas, automóveis – em NFTs (tokens não fungíveis) registrados em blockchains. 

Conexão da Americanas com o mundo “real”

Segundo a empresa, no servidor, as marcas podem atuar de diversas formas, até mesmo vender produtos e realizar eventos com conexão ao mundo real, no conceito M2O (metaverse-to-offline) – modelo que deve ser aplicado pela Americanas futuramente. A marca prevê, em breve, integrar os serviços de mundo físico ao metaverso do MetaEXP, para que as pessoas possam comprar produtos no mundo virtual 3D e receberem eles em suas casas no mundo físico, criando assim um novo canal de venda e distribuição.

.br/wp-content/uploads/2022/09/americanas-metaverso-2-768x431.jpg 768w, https://admin.ecommercebrasil.com.br/wp-content/uploads/2022/09/americanas-metaverso-2-100x56.jpg 100w, https://admin.ecommercebrasil.com.br/wp-content/uploads/2022/09/americanas-metaverso-2-200x112.jpg 200w, https://admin.ecommercebrasil.com.br/wp-content/uploads/2022/09/americanas-metaverso-2-445x250.jpg 445w" sizes="(max-width: 705px) 100vw, 705px" />

Imagem: Divulgação

“Esse é o primeiro passo nesse novo mundo de interface 3D em que teremos uma loja suprindo essas necessidades das pessoas. Estamos testando e aprendendo com este universo e nada nos impede de termos, no futuro, outras lojas em diversos outros metaversos, como Roblox, Decentraland, Sandbox, entre outros”, reforça Messina.

Imagem: Divulgação

“As pessoas estão vivenciando isso de verdade, existe uma economia circular real, com demandas reais e geração de valor tangível. Estamos falando de uma das maiores disrupções do varejo no Brasil, — metacommerce – isso é omnichannel, não existe mais separação”, afirma José Camargo, diretor de operações da Enablers | MetaEXP.

Leia também: Magalu Games lança 3 primeiros jogos para smartphones e planeja interação com superapp