Logo E-Commerce Brasil

Penalidades do Google: descubra como evitar e qual o impacto para o SEO

Por: Lucas Maranho

Fundador e CEO da liveSEO

Fundador da liveSEO, agência com foco em SEO que atende e já atendeu <nowrap>e-commerce</nowrap>s no Brasil, Espanha, Estados Unidos, Israel, Paraguai e Polônia, desenvolvendo o SEO técnico e de conteúdo com foco em resultados orgânicos. Atualmente, a marca já executou mais de 300 projetos de SEO e se destaca entre as principais agências de SEO do Brasil.

No competitivo mundo corporativo, as regras do Google e de SEO são cruciais para garantir a equidade e o jogo limpo. Sem elas, alguns sites poderiam se aproveitar de táticas ilegais e antiéticas para obter vantagens sobre seus concorrentes. No entanto, com as penalidades do buscador, há um incentivo para seguir as diretrizes e manter a integridade do mercado.

A realidade é que essas punições são temidas no mundo do marketing online e podem ser prejudiciais para o seu negócio. Pequenas mudanças no algoritmo podem impactar significativamente seu desempenho e, se não tomar cuidado, sua marca pode ser seriamente afetada.

A reflexão é: será que vale mesmo a pena colocar em risco todo trabalho árduo de meses, um tráfego qualificado e a sua marca por conta de ações não tão éticas em relação ao SEO?

Para evitar essa situação, você precisa entender como evitar penalidades e manter seu site saudável e positivo aos olhos do Google. Para isso, vou precisar de você aqui, com atenção para compreender cada tipo de penalidade, qual o impacto no seu site e como evitar que elas aconteçam, sem precisar remediar.

Penalidades algorítmicas e manuais: entenda cada uma

Compreender as diferenças entre essas penalidades é fundamental para que possamos traçar estratégias conhecendo o problema e suas causas específicas.

Penalidades algorítmicas

São penalizações automáticas, com os bots do Google fazendo a varredura das suas páginas e se deparando com algo fora das suas diretrizes. São aplicadas instantaneamente e nem sempre com notificações.

Penalidades manuais

São ações tomadas diretamente por um revisor do Google em relação a violações das diretrizes de qualidade do mecanismo de busca. Se isso acontecer, você provavelmente receberá uma notificação direta do Google Webmaster Tools, que facilita a compreensão do que foi feito e como evitar que o erro se repita.

Algumas das razões comuns que podem levar à aplicação de uma penalidade incluem diversas das práticas de Black Hat que já citamos algumas vezes em nossos conteúdos, como:

1. Práticas de spam: comentários spam em blogs ou fóruns;

2. Conteúdo enganoso ou fraudulento, como venda de produtos falsificados ou divulgação de informações falsas sobre um produto ou serviço;

3. Práticas de link building consideradas inadequadas, como a compra de links ou a participação em esquemas de troca de links;

4. Keyword stuffing, cloaking, PBN, link farming etc.

Diante dessas penalidades seu site pode perder muitos pontos de confiança e credibilidade com o Google e, consequentemente, com seus usuários.

Como evitar penalidades e manter seu domínio a salvo

Tudo que precisamos é seguir as orientações do Google. Gostando ou não, é ele quem faz as regras.

Produza conteúdos excelentes

Se depois de todo esse tempo você ainda não percebeu que o conteúdo é fundamental para os resultados de SEO, há algo de errado.

Para evitar penalidades e manter seu domínio a salvo, é importante produzir conteúdo de alta qualidade e relevante para o seu público-alvo. Isso ajuda a construir a autoridade e a relevância do seu site, o que irá aumentar o seu posicionamento nos resultados de pesquisa.

É essencial evitar o conteúdo duplicado ou plagiado de outros sites, e investir em conteúdo original e de qualidade, que seja útil e informativo para seus visitantes.

Para melhorar, é necessário auditar

Para que o site possa ter conteúdos de qualidade, é importante não só focar na produção de novos, como também de utilizar estratégias de poda e melhora de conteúdos com potencial.

Você pode realizar uma auditoria certificando-se de que:

– A qualidade do seu conteúdo seja alta e que não haja excesso de palavras-chave;

– Imagens com Alt Text.

Durante nosso webinar de Content Pruning, indicamos qual o momento mais adequado para remoção ou melhora de conteúdos do blog.

Dica para sites com muitas páginas: É possível utilizar o Google Analytics para segmentar as páginas mais relevantes de acordo com o número de visitas. Basta acessar a opção “Comportamento”, seguida de “Conteúdo do site” e “Todas as páginas” para obter essa informação.

Priorize a experiência de seu usuário – sempre!

Isso inclui garantir um tempo de carregamento rápido, um design responsivo para dispositivos móveis, entre outros fatores.

Além de uma boa experiência, o site precisa ter uma boa estrutura para garantir que os mecanismos de busca possam rastrear e indexar com eficiência, o que pode ajudar a melhorar seu posicionamento nos resultados de pesquisa.

Para isso, opte sempre por URLs claros e informativos, uma navegação fluida e uma arquitetura de site organizada.

A confiabilidade também faz parte de uma experiência positiva para o momento de compra. Por isso, busque sempre:

– manter descrições de produtos sempre atualizadas e com detalhes sobre o produto;

– preços corretos;

– informações de estoque atualizadas;

– implementar dados estruturados com informações que possam auxiliar na sua confiabilidade, como experiência de compra de outros clientes em reviews etc.

Outra dica importante é manter seu site seguro com todos os protocolos de segurança exigidos, garantindo que todas as transações sejam criptografadas e que seu site esteja protegido contra ataques cibernéticos e invasões.

Fique atento aos Google Updates

As atualizações do Google são constantes e, para saber se você está violando as regras, é preciso entender o algoritmo.

Analise os possíveis impactos e adeque as estratégias de acordo as novas Guidelines do Google.

Se você ficar atento à comunidade de pesquisa, saberá sobre as mudanças.

Monitore a qualidade de seus backlinks

Além da auditoria de conteúdos, é importante monitorar eventualmente quais tipos de backlinks têm sido atribuídos ao seu site. Tenha sempre em conta de que eles devem ter uma boa autoridade e precisam ser relevantes para o seu nicho.

Lembre-se: qualidade antes da quantidade!

Em caso de links tóxicos, faça a remoção devida!

Não pratique técnicas de Black Hat

Essas técnicas até podem trazer resultados rápidos para o seu site, mas, a longo prazo, os efeitos podem ser devastadores.

Além de prejudicarem a reputação da sua marca e afetarem negativamente sua visibilidade nos mecanismos de busca, podem prejudicar a experiência do usuário em seu site.

O Google conta com algoritmos extremamente sofisticados e que têm cada vez mais facilidade de identificar essas práticas fraudulentas. Por isso, foque no processo contínuo e nas dicas anteriores.

Senso crítico e monitoramento

Se, no seu caso, você não é a pessoa que lida diretamente com as implementações e as otimizações de SEO do site, busque sempre ter um senso crítico, questionar e monitorar as atividades dos encarregados.

Para concluir…

É importante deixar claro que estou falando sobre prevenir a penalidade, não se recuperar dela. Afinal, quando você recebe uma penalização algorítmica, sua classificação diminui em relação ao quanto você violou as diretrizes. A recuperação é gradual, mas possível.

Em todo caso, saiba que a recuperação é gradual, um pouco complexa, mas possível!

Espero que este conteúdo possa conscientizá-lo de sempre utilizar as melhores práticas de SEO.

Fique do lado do Google, e ele ficará do seu. Essa é minha dica de ouro de hoje.