Redação E-Commerce Brasil

Venda de itens de saúde aumenta 300% na pandemia, afirma Mercado Livre

Quarta-feira, 13 de maio de 2020   Tempo de leitura: 2 minutos

Por conta do isolamento social para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus, o hábito de comprar online passou a ser mais comum entre os brasileiros. Não à toa, o consumo voltado ao estilo de vida aumentou significativamente, segundo o estudo “E-commerce: evolução nos hábitos do consumidor em tempos de Covid-19”. O levantamento foi elaborado pelo Mercado Livre e conta com dados levantados entre 24 de fevereiro e 3 de maio de 2020.

Com mais tempo em casa, outras categorias de estilo de vida foram impulsionadas pelos usuários: Saúde e Equipamento Médico (300%), Bens de Consumo e Alimentos (164%), Casa, Móveis e Jardim (84%), Entretenimento & Fitness (61%) e Computação (55%).

Segundo o levantamento, mais usuários adotaram os serviços financeiros online para sua conveniência e comodidade.

Outro dado é que 7 em cada 10 usuários declararam que irão continuar utilizando métodos eletrônicos de pagamento.

Crescimento do e-commerce no período

O número de compradores do Mercado Livre cresceu 45% no período. Segundo o levantamento, os novos compradores ingressaram procurando as seguintes categorias:

Leia também: Mercado Livre aumenta número de galpões após crescimento de vendas

Por Dinalva Fernandes, da redação do E-Commerce Brasil

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.