Logo E-Commerce Brasil

Cinco dicas para vendedores que desejam ter sucesso nas vendas em marketplaces

Por: Tiago Mello

Chief Product Officer (CPO) & Chief Marketing Officer (CPO/CMO) da Linx

CPO E CMO da Linx. É um empreendedor apaixonado por varejo, liderança e transformação digital. Além de conselheiro, mentor do BRASA Next e professor de empreendedorismo e estratégias disruptivas, Tiago é palestrante e curador de congressos internacionais como NRF e WebSummit. Possui MBA pela Fundação Getúlio Vargas e especializações em negociação, liderança, finanças e estratégias disruptivas pela Harvard Business School, inteligência artificial pela MIT Sloan School of Management, empreendedorismo, marketing digital e <nowrap>e-commerce</nowrap> na Wharton University, product management, inovação, product marketing e empreendedorismo pela Stanford University.

As vendas em canais alternativos, como marketplaces, tem sido uma estratégia eficiente para quem deseja começar a vender online. Apesar da grande concorrência no ambiente digital, para se destacar e garantir bons resultados, é preciso entender as melhores estratégias para realizar as vendas em marketplaces.

O cenário nos marketplaces é concorrido, porém, com estratégias sólidas e um monitoramento eficaz das vendas, o sucesso se concretiza. Faça investimentos bem planejados e não deixe escapar a chance de ampliar as vendas do seu negócio.

No Brasil, de acordo com dados recentes da GFK, em 2022, o crescimento foi de 20%. A pesquisa mostra que as vendas em marketplaces vêm crescendo ano a ano. Pois, no primeiro semestre de 2023, os resultados positivos já foram vistos – as vendas totais de eletroeletrônicos cresceram 23% (no ano passado, representaram 17%). Além disso, o faturamento dos seis primeiros meses deste ano já representa um avanço de 3%.

O uso dos marketplaces para realizar as vendas vem ganhando espaço por ser um canal com baixo investimento e com alta oportunidade de lucros, já que o produto é exposto para milhões de pessoas, por ser um espaço de alto tráfego.

Para te ajudar a vender mais nos marketplaces, vamos dar cinco dicas de como atrair mais clientes para o negócio.

Cinco dicas de sucesso para vender em marketplaces

1. Diferencie-se da concorrência

O primeiro passo que o lojista precisa seguir quando começar a vender em marketplaces é saber em qual segmento a sua loja está inserida, ou seja, saber quais produtos são imprescindíveis para vender e quais são as necessidades do público. Diante desse cenário de decisão, é importante analisar a concorrência e estudá-la para saber o que as outras lojas estão fazendo que a sua não está, o que pode ser feito de diferente e, claro, entender como funciona a experiência de compra e os preços praticados nos marketplaces. Dessa forma, você já terá um ponto de partida.

2. Escolha o marketplace em que deseja vender

Atualmente, existem muitos marketplaces no mercado e um dia para escolher qual é o melhor para o seu negócio é saber a qual nicho esse canal atende. Em alguns marketplaces, existem categorias muito específicas, como: roupas e calçados, cosméticos e perfumaria, eletrodomésticos e eletrônicos, e vários outros segmentos. Em contrapartida, há outros que vendem todo tipo de produto que você imaginar. Lembre-se: procure o marketplace que tenha alto volume de tráfego e que faça sentido para o seu produto e negócio.

3. Cadastre os seus produtos

Após escolher a plataforma de marketplace, é preciso cadastrar os produtos na página. Seja manualmente ou de forma automatizada, é preciso colocar foto, títulos e descrições completas de cada mercadoria. Além disso, é importante contar com hub de marketplaces para te ajudar na integração dos produtos dentro desses canais de vendas.

4. Saiba como funciona o pagamento do cliente

Quando se escolhe um marketplace para vender, a maioria das opções de pagamento acontece dentro da própria plataforma, e só depois que o lojista recebe o valor da venda com o desconto da taxa de comissão. Apesar disso, alguns canais oferecem o split de pagamento, que divide os recebíveis de maneira automática entre os envolvidos. Assim, uma parte do valor pago pelo cliente fica para a plataforma e a outra vai para o vendedor na hora da venda.

5. Organize a logística

A satisfação do cliente depende muito da entrega do produto e do valor do frete. Dessa forma, é importante contar com uma operação logística eficiente para atrair mais clientes e assim conseguir realizar as vendas em marketplaces. Lembre-se de que com uma logística bem estruturada você consegue oferecer mais opções para o consumidor.

O mercado dos marketplaces é competitivo, mas com boas estratégias e acompanhamento das vendas o sucesso acontece. Invista e se planeje, e não perca a oportunidade de expandir a venda do seu negócio.