Redação E-Commerce Brasil

Varejo da zona do euro aumenta com estoques de alimentos e gastos online

Sexta-feira, 03 de abril de 2020   Tempo de leitura: 2 minutos

As vendas no varejo da zona do euro aumentaram mais do que o esperado em fevereiro, o mês antes das medidas de combate ao coronavírus se espalharem pelo continente, com os consumidores estocando comida e bebida e aumentando acentuadamente seus gastos online.

As vendas no varejo nos 19 países que compartilham o euro aumentaram 0,9% em relação a janeiro e 3,0% na comparação anual, esta última em uma máxima de 12 meses, informou o escritório de estatísticas da UE, Eurostat, nesta sexta-feira (3).

Os economistas previam um aumento mensal de 0,1% e um ganho anual de 1,7%.

As vendas aumentaram mais acentuadamente no mês no setor de alimentos, bebidas e tabaco, em 2,4%, e nas encomendas por correio e vendas online, com alta de 5,6%.

O índice das vendas de produtos não-alimentícios subiu modestos 0,2%, com queda nos equipamentos de informática e livros. As vendas de combustíveis também caíram.

Nas economias maiores, as vendas no varejo subiram 1,2% na Alemanha e 1,1% na França, mas não havia dados de fevereiro para a Itália, o país europeu mais afetado pela crise do coronavírus.

Leia também: Carrefour e Uber Eats fazem parceria durante pandemia na França

As informações são da Reuters

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.