Redação E-Commerce Brasil

Target tem aumento de 17% no fim do ano puxado por vendas online

Quinta-feira, 14 de janeiro de 2021   Tempo de leitura: 2 minutos

A Target relatou um aumento de 17,2% nas vendas comparáveis ​​para a temporada de fim de ano na quarta-feira (13), já que suas vendas online mais que dobraram, graças às entregas mais rápidas e maior demanda por produtos domésticos, eletrônicos e produtos de beleza.

Uma grande parte do crescimento das vendas veio de entregas no mesmo dia e serviços de coleta na loja, áreas onde o varejista baseado em Minneapolis tem investido pesadamente durante a pandemia de Covid-19.

Varejistas com grandes bolsos, como Target e Walmart, estão usando a ruptura provocada pela crise da saúde como uma oportunidade de ganhar participação de mercado de rivais menores que lutam para sobreviver ao impacto da pandemia.

A Target vendeu em dezembro 150 milhões de itens por meio de serviços que permitem aos clientes retirar suas compras online nas lojas, quase quatro vezes mais do que no mesmo período do ano anterior.

O aumento nas vendas veio quando os varejistas espalharam suas promoções de fim de ano para evitar a aglomeração nas lojas, em vez de se concentrar em alguns dias específicos.

Fechamento da Target no feriado

Em uma postagem no blog, a Target disse que manterá suas quase 1.900 lojas nos EUA fechadas no Dia de Ação de Graças deste ano, repetindo a medida que havia tomado em 2020.

“É ainda menos provável que os varejistas retornem à grande bonança de vendas do Dia de Ação de Graças e da Black Friday, mesmo quando a pandemia acabar”, disse Neil Saunders, diretor administrativo da GlobalData Retail.

A Target ainda afirmou que as tendências de vendas em janeiro têm sido fortes. Em média, os analistas esperam que suas vendas comparáveis ​​no quarto trimestre, que inclui janeiro, aumentem 12,7%.

No entanto, analistas da Gordon Haskett disseram que o varejista provavelmente perdeu as expectativas mais otimistas de um crescimento de 18% a 19%, que é mais próximo do que a Target tinha visto no terceiro trimestre.

As ações da empresa, que ganharam cerca de 60% nos últimos 12 meses, caíram 1% no início do pregão.

Leia também: Cliente insatisfeito: dicas para resolver esse problema e lidar com reclamações

Fonte: Reuters

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.