Redação E-Commerce Brasil

Solução da Konduto diminuiu em 75% prejuízos com fraude da Bemol

Sexta-feira, 06 de agosto de 2021   Tempo de leitura: 2 minutos

A Konduto, empresa de antifraude para pagamentos online, e a Bemol, maior rede de varejo da região Norte do Brasil, firmaram parceria com o objetivo de minimizar a ação dos fraudadores no ambiente online. Isso resultou na diminuição de 75% dos prejuízos com fraude da varejista. Além disso, o tempo de verificação dos pedidos recebidos ficou nove vezes mais rápido e a taxa de conversão teve um aumento de 65%.

A ação ocorreu porque em 2019, quando a Bemol estava perto de completar 78 anos, se deparou com um enorme desafio: com um público pouco bancarizado, precisava focar seus esforços no seu crediário próprio para alavancar as vendas e conquistar novos clientes. Porém, um detalhe ainda impedia esse objetivo: as fraudes realizadas nesse meio de pagamento.

A gigante do varejo começou a procurar no mercado brasileiro companhias que oferecessem soluções para resolver esse problema, e foi nesse momento que conheceu a especialista em antifraude. “A Konduto foi parceira desde o início, quando ninguém mais acreditou no nosso potencial. Isso porque nenhum dos fornecedores que nós contatamos anteriormente possuía um produto que atendia exatamente às nossas necessidades, mas a empresa topou adaptar sua solução para o crediário, afirma Kelps Pedrosa, gerente de e-commerce da Bemol há 18 anos

Por meio da parceria, além da efetividade do sistema contra golpes, a varejista observou uma grande mudança na cultura organizacional e nos processos de análise de risco, com crescimento da valorização dos dados para a tomada de decisões.

“Nosso time começou a levantar milhares de dados para entender o comportamento dos fraudadores. Assim, criamos regras para calibrar o aprendizado do nosso algoritmo que, em pouco tempo, aumentou o faturamento e diminuiu as perdas dos nossos parceiros”, comenta Tom Canabarro, CEO e co-fundador da Konduto.

Durante o pico da pandemia de Covid-19, com as lojas fechadas, o e-commerce da varejista, que atende o país inteiro, cresceu 800%. E, mesmo após os movimentos de reabertura dos estabelecimentos, as vendas online estão 230% maiores do que em março de 2020. Com as 29 lojas físicas e o comércio eletrônico, a rede fatura anualmente R$3 bilhões.

“Durante a pandemia, nosso time de análise de risco triplicou devido ao volume de vendas. Se não fosse a qualidade e quantidade de dados levantados pela Konduto, teríamos que contratar mais profissionais, finaliza Alex Feleol, Head de Cyber & Fraud Prevention da Bemol.

Inspire-se nessa história, acesse agora o case de antifraude da Konduto.

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER