Redação E-Commerce Brasil

E-commerce deve crescer 27% na temporada de compras de final de ano, aponta ACI Worldwide

Segunda-feira, 19 de outubro de 2020   Tempo de leitura: 5 minutos

As transações globais de e-commerce durante o período de festas entre outubro e dezembro devem aumentar 27%, em relação ao mesmo período do ano passado, segundo novos dados de comparação da ACI Worldwide, divulgados nesta segunda-feira (19).

Os dados, que são baseados em centenas de milhões de transações de comércio eletrônico de comerciantes globais, também projetaram um aumento de 40% nas compras online e retirada na loja (BOPIS) ou click-and-collect.

“Embora várias lojas físicas tenham fechado devido à pandemia, seus sites de e-commerce continuam disponíveis. Por outro lado, algumas lojas que reabriram não têm visto muito tráfego de pessoas devido à preocupação dos consumidores com grandes multidões. Portanto, como os consumidores passam mais tempo em casa, esperamos que o BOPIS seja o principal canal de entrega que os consumidores vão utilizar para fazerem suas compras de fim de ano”, disse Debbie Guerra, vice-presidente executiva da ACI Worldwide.

“Além disso, ao entrarmos na temporada de compras de final de ano, vemos consumidores iniciando suas compras no início de outubro como resultado de preocupações com a falta de estoque, bem como atrasos no envio, mas também porque os comerciantes estão fornecendo vendas e negócios no início do ano”, continua Guerra.

Mais compras e mais fraudes no e-commerce

As transações globais de comércio eletrônico aumentaram 21% em setembro de 2020 em comparação com setembro de 2019, de acordo com os dados da ACI. Além disso, os fraudadores continuaram a comprar itens de maior valor, tais como tentativas de compra de produtos eletrônicos fraudulentos, cujo valor de compra aumentou para US$ 9 em 2020 em comparação com 2019.

“Esperamos que o canal de entrega BOPIS cresça tanto para os consumidores genuínos quanto para os fraudulentos, pois os comerciantes, grandes e pequenos, continuam acrescentando isto como uma nova opção devido à pandemia”, continuou Guerra.

“O uso acelerado dos canais de pagamento digitais devido à pandemia resultou tanto em transições entre canais, como o BOPIS, quanto na eliminação das fronteiras entre os próprios canais — como o uso de dispositivos móveis e o check-out móvel dentro de lojas físicas”, afirma a executiva.

Ainda segundo Guerra, “este movimento em direção ao digital abriu um caminho para expandir o alcance do mercado dos comerciantes, melhorando a experiência da trajetória de compra — mas também significa uma maior exposição à fraude, para a qual os comerciantes devem estar preparados à medida que avançamos na temporada de férias”, finaliza.

Tendências de compras online:

• Os setores que continuam a experimentar grandes aumentos nas compras em setembro incluem os games (aumento de 71%) e o varejo (aumento de 45%).

• Os setores que continuam experimentando grandes diminuições nas compras em setembro incluem viagens (diminuição de 21%) e venda de passagens (diminuição de 75%).

• O preço médio dos tickets de compras genuínas caiu US$ 26 em 2020 em comparação com 2019.

• O volume de compras aumentou YoY em todas as regiões impulsionado por itens de volta às aulas, tais como roupas, conteúdo de aprendizagem online, artigos de papelaria, eletrônicos e DIY: os EUA subiram 17% e o EMEA está acima de 8%.

Tendências de fraude no e-commerce:

• O valor transacional das tentativas de fraude aumentou 0,4% em setembro, impulsionado pelas compras de eletrônicos, sendo a compra on-line com coleta na loja o canal de escolha dos fraudadores.

• Impulsionado pelo setor de eletrônicos, o preço médio dos ingressos para tentativas de fraude aumentou em US$ 9 no período de janeiro a setembro de 2020, em comparação com o mesmo período em 2019.

• Os estornos* sem fraude aumentaram 12% em setembro de 2020 em comparação com setembro de 2019; isto tem aumentado a uma taxa decrescente com base nos meses entre março e julho.

*Como os estornos levam aproximadamente 45 dias para serem processados, os dados completos mais atuais são de agosto de 2020.

Leia também: Comércio eletrônico e delivery aumentam consumo de embalagens

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.