Logo E-Commerce Brasil

Eletrodomésticos pesam bastante na conta dos brasileiros no verão, mostra pesquisa

Por: Giuliano Gonçalves

Jornalista do portal E-Commerce Brasil, possui formação em Produção Multimídia pelo SENAC e especialização em técnicas de SEO. Sua missão é espalhar conteúdos inspiradores.

O Guia dos Melhores realizou uma pesquisa com pessoas de todas as idades e regiões do país, a fim de entender quais os produtos e gastos que mais impactam em suas contas no verão. Puxando a lista de gastos, aparelhos de ventilação/resfriamento estão entre os que mais pesam no bolso da maioria dos brasileiros.

Vendas de eletrodomésticos
Outros equipamentos dificultam as contas do brasileiro nesse início de ano, como é o caso do freezer e da geladeira, assinalados por 46% dos respondentes

Isso ocorre quase que simultâneo aos custos com a conta de água (55%). Afinal, gastos com o consumo de ventilador (55%) e ar-condicionado (53%) estão praticamente no mesmo páreo. Vale destacar que, desde a forte onda de calor vivida no Brasil em novembro do ano passado, o ar-condicionado tem sido a estrela do e-commerce.

Outros equipamentos dificultam as contas do brasileiro nesse início de ano, como é o caso do freezer e da geladeira, assinalados por 46% dos respondentes. O gasto com o chuveiro elétrico foi apontado por 30% dos pesquisados, assim como compras ou trocas de produtos ou acessórios para enfrentar o calor (10%).

Lazer também cresce a conta do brasileiro no verão

Sobre os custos com lazer, parte dos entrevistados (24%) diz que o valor vai para saídas para bares, festas e confraternizações. Um outro lado (22%) indica que os gastos nestes momentos é com entretenimento e diversão — há o público (15%) que cita os gastos com filhos e crianas próximas, e 14% com viagens.

Jeitinho brasileiro de fechar as contas

Para fechar as contas e ainda poder curtir um pouco do verão, o jeito é buscar formas de economizar. E muitas das maneiras encontradas pelos brasileiros para fazer o dinheiro render um pouco mais na temporada em que se tem mais gastos estão relacionadas com a atenção no consumo dos produtos que auxiliam nos dias quentes.

Em relação ao planejamento financeiro, evitar gastos e compras desnecessárias no verão é a principal estratégia de economia, indicada por 61% dos entrevistados. Na sequência, aparecem iniciativas como:

  • utilizar lâmpadas de LED (43%);
  • procurar aproveitar o máximo da luz natural ao longo do dia (39%);
  • tomar banho com o chuveiro no modo verão ou desligado (35%);
  • fazer uma reserva de dinheiro antecipada pensando nos custos do período (33%);
  • priorizar o uso do ventilador ao do ar condicionado, quando possível (31%);
  • diminuir o consumo nos horários de pico, que possuem tarifa mais alta (26%);
  • e retirar alguns produtos da tomada (25%).

Novos aparelhos aliados contra o calor

Por mais que o ventilador (85%) e o ar-condicionado (55%) sejam os principais aliados dos brasileiros contra o calor, outros produtos têm surgido e ganhando destaque nos lares e no dia a dia da população. Itens menos tradicionais foram lembrados pelos entrevistados como produtos que estão auxiliando nos dias quentes, como:

  • umidificadores de ar, citados por 18%;
  • climatizadores (9%);
  • ar-condicionado portátil (8%)
  • e ventiladores de pescoço, por 5% dos entrevistados.

Metodologia

Foram entrevistados 500 brasileiros de todos os estados do país, incluindo mulheres e homens, com idade a partir dos 16 anos e de todas as classes sociais. Os dados do estudo foram levantados via plataforma de pesquisas online, entre os dias 23 e 24 de janeiro de 2024.