Logo E-Commerce Brasil

Conciliação financeira: veja por que fazer a sua

Por: Redação E-Commerce Brasil

Equipe de jornalismo E-Commerce Brasil

Seja pela praticidade, opções, variedade e conforto, não há como negar que o e-commerce ocupa um lugar especial na vida dos consumidores brasileiros. 

De acordo com dados da Neotrust, em 2021, o e-commerce cresceu 26,9% em comparação a 2020, com faturamento de R $161 bilhões.  Além disso, a pandemia de COVID-19 fez com que o Brasil se tornasse o país da América Latina que mais realiza compras online, segundo estudo da IDC.

Com a popularidade do e-commerce, os pagamentos digitais também se tornaram um hábito na vida do consumidor.

Um estudo realizado em conjunto pelas consultorias PwC e Strategy& aponta que o número de transações sem dinheiro em espécie na América Latina deve aumentar em 52% até 2025 e, depois, em 48% até 2030.

Diante desse panorama, os meios de pagamento se tornaram mais modernos e eficientes para atender às expectativas de clientes ávidos por uma experiência flexível e com grande variedade. 

Contudo, esse mesmo cenário animador também apresenta desafios: devido às profundas transformações, ainda há empresas que não possuem um controle efetivo sobre os recebimentos por esses diferentes meios de pagamento. 

E essa falta de controle, é claro, impacta negativamente a gestão das finanças do negócio – um pilar crucial para a sustentabilidade do empreendimento.

Por isso, entender mais sobre a importância da conciliação financeira e saber como fazer a sua de forma eficaz é fundamental para o sucesso da empresa.

Então, que tal saber mais sobre o assunto? Continue a leitura a seguir.

Qual é a importância da conciliação financeira para a saúde dos empreendimentos?

O controle eficiente das finanças de um negócio é sempre desafiador, independente do tamanho do empreendimento.

Para se ter uma ideia, 28,7% dos empresários brasileiros do varejo não realizam qualquer controle ou mecanismo de conciliação de vendas feitas no cartão, segundo um levantamento feito pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

A pesquisa revela, ainda, que 66,7% dos comerciantes e prestadores de serviços que não fazem conciliação bancária se veem em desvantagem por não adotar esse tipo de controle interno.

E esse cenário já se reflete em indicadores importantes. A pesquisa Demografia das Empresas e Estatísticas de Empreendedorismo, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apontou que mais de 70% das empresas fundadas no país fecham as portas em menos de dez anos de atividade.

Isso acontece porque, muitas vezes, a falta de gestão financeira e a dificuldade de lidar com os novos meios de pagamento atrapalham a prosperidade dos empreendimentos.

Diante desse cenário, a conciliação financeira figura como uma estratégia fundamental para manter a longevidade de um negócio, pois é a partir dela que os gestores conferem dados, confrontam informações e conseguem verificar se todas as transações financeiras da empresa foram realizadas corretamente.

Além disso, uma conciliação financeira eficiente pode oferecer diversas outras vantagens, como:

1.Redução da inadimplência

Se você é empreendedor, deve saber que a inadimplência é uma das maiores dores de qualquer negócio, impactando negativamente as finanças.

Mas esse não precisa ser o caso do seu negócio. Com a conciliação, é possível fazer uma gestão de cobranças muito mais eficiente e controlar se todos os pagamentos foram realizados de forma correta. 

2.Controle de tarifas e cobranças

A conciliação financeira também auxilia no controle de pagamentos de tarifas e cobranças, uma vez que ela possibilita a identificação do que está sendo cobrado.

Dessa forma, é possível conferir, rapidamente, se há cobranças ou tarifas divergentes daquilo que foi acordado com as instituições financeiras, o que evita a perda de dinheiro e retrabalho. 

3.Melhora na tomada de decisão 

Já não é novidade que vivemos em uma cultura de intensas e rápidas transformações. Por isso, é cada vez mais importante que gestores estejam sempre atualizados para que possam tomar decisões assertivas.

Com a conciliação financeira, é possível ter acesso a informações e dados sólidos e justificados para decidir os melhores caminhos para o empreendimento, o que evita retrabalho, perda de recursos e, claro, prejuízos financeiros.

Como os relatórios da iugu podem potencializar a sua conciliação financeira?

Como vimos até aqui, a conciliação financeira depende de dados e informações sólidas.

No entanto, esse processo não precisa ser burocrático e cheio de dores de cabeça. 

Como uma instituição de pagamentos completa, a iugu também disponibiliza dashboards para controle financeiro eficiente das empresas.

A partir do painel do nosso software, os administradores da conta podem gerar planilhas com dados de todos os pagamentos transacionados na iugu, independente do método utilizado. Dessa forma, a conciliação fica muito mais fácil. Veja só.

1.Extrato detalhado

Se o cliente tiver dúvidas sobre sua movimentação ou precisar detalhar seus

valores, entender um pouco mais o fluxo de pagamentos, o melhor relatório é o extrato detalhado.

Além de exibir todas as movimentações financeiras, o relatório traz motivos e detalhes adicionais sobre os valores; é possível filtrar por período (data range) e também exportar em formato CSV, XLS e OFX.

2.Relatório de recebíveis

Se precisar entender um pouco mais do futuro dos seus valores, disponibilizamos relatórios de visualização de recebíveis (valores futuros processados pela iugu e que estão a receber, antecipações, etc).

Para essa visão de organização futura, temos dois relatórios, sendo um mais compacto e outro mais detalhado.

3.Relatório de cartão de crédito

Já no relatório de cartão de crédito, apresentamos todo o histórico de transação por cartão de crédito, e você pode acompanhar diversas informações úteis, como:

    4.Extrato consolidado

    Nesse tipo de relatório, você consegue acompanhar toda a movimentação da sua conta iugu, como as entradas e saídas de forma consolidada e com a opção de exportar por período, em CSV ou XLS.

    Pronto para automatizar processos e dar adeus ao passado? Então, baixe agora o seu Guia Completo de Conciliação Financeira e saiba como fazer a sua de forma ágil e descomplicada em diferentes meios de pagamento.