Projeto mantido por:

  Redação E-Commerce Brasil

Como os fretes podem ajudar a alavancar as vendas?

Sábado, 30 de julho de 2022   Tempo de leitura: 4 minutos

Ter um frete barato é essencial para o e-commerce. Pesquisas mostram que 89% dos clientes preferem ter um preço acessível ou a gratuidade na hora da entrega, enquanto apenas 11% são mais impactados com o tempo menor da hora de receber seus produtos. Na contramão, o Brasil possui uma grande dimensão territorial, dificultando o trabalho das transportadoras.

Os custos altos e o grande número de insucessos na hora de entregar o pedido também contribuem para o frete se torne um empecilho para os negócios. Por isso, surgiu a Kangu. Janice Rodrigues, CMO da empresa, mostrou no Fórum E-Commerce Brasil 2022 três casos de sucesso na hora de sanar estas dificuldades.

Janice Rodrigues, CMO da Kangu, palestrou no Fórum E-Commerce Brasil 2022

Caso 1 – Almar Moda Praia

A empresa de biquínis do Rio de Janeiro tinha o preço dos fretes como rival na hora de expandir. Como era muito caro, a Almar comercializava seus produtos apenas na região do sudeste.

A solução encontrada foi reduzir a dependência dos Correios, pois apesar da grande capilaridade no Brasil, apresenta custos elevados e uma rotina demorada na entrega. Com isso, a empresa deixou de ter as vendas centralizadas na capital fluminense, expandindo para outras regiões graças as diversas opções de fretes com múltiplas transportadores, mais econômicos e com maior flexibilidade.

Caso 2 – Premium Mega Store, utensílios domésticos

A integração, unificando a gestão, foi o diferencial neste caso. Com pontos de coleta, a empresa conseguiu deixar tudo no mesmo ponto, otimizando a logística.

O sistema adotado foi o PUDO, do inglês Pick Up & Drop Off (pegar e largar). Ou seja, as encomendas podem ser entregues ou retiradas em locais onde um membro confiável as recebe. Em São Paulo, existe um ponto a cada 3 km, o que permite ao consumidor receber o produto com uma flexibilidade maior de horário e sem precisar se locomover muito. O mesmo vale caso ela queira devolver o que comprou.

Caso 3 – Cheguei!, produtos para extensão de cílios

Neste exemplo, o frete se tornou a estratégia de vendas e escolha com propósito. A conveniência foi o diferencial, facilitando ao cliente escolher como quer receber e até mesmo devolver o que foi comprado.

Com isso, o consumidor podia ter um prazo menor, mais barato ou ainda mais fácil na hora de receber. As escolhas reduziram muito o preço dos fretes e, atualmente, a entrega pode sair de graça, se tornando um brinde ao cliente.
Leia também: Como precificar no e-commerce? Especialistas tiram todas as dúvidas
Por Eduardo Nunes, especial para a Redação do E-Commerce Brasil

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER