Projeto mantido por:

  Redação E-Commerce Brasil

Plataforma com cálculo centralizado de tributos reduz custos e aumenta vendas

Sábado, 16 de outubro de 2021   Tempo de leitura: 3 minutos

As vendas online entre empresas foram impulsionadas pela pandemia ao longo de 2020, mas não se engane, pois esse boom já havia iniciado bem antes desta crise mundial. A transformação digital foi a responsável por abrir caminho para os distribuidores, atacadistas e importadores digitalizados.

De 1979 – quando Michael Aldrich inventou o primeiro sistema que permitia o processamento de transações online entre consumidores (B2C) e empresas (B2B) – até os dias de hoje, muita coisa se modificou, especialmente no que diz respeito às operações de venda e o ciclo complexo que envolve todo esse processo.

Um dos maiores gargalos dos canais de vendas é o desafio de estabelecer a política fiscal visto que cada estado brasileiro dispõe de regras tributárias específicas. Além disso, essas normas são alteradas e ajustadas a todo momento – o que dificulta ainda mais o processo manual disso.

Por isso, investir em uma plataforma robusta que integre a carga tributária praticada nos Estados de origem e destino da operação, atendendo automaticamente o que for de maior ou menor incidência de tributos conforme o caso, é investir forte na estratégia de pricing das empresas e sua competitividade. A F1 provê esse sistema completo e intuitivo para os seus clientes.

Evidentemente, o processo burocrático de cálculos e matemática financeira fazem com que a empresa não dedique seu tempo ao que realmente importa: o core business, ou seja, a estratégica principal do negócio. Por isso, o gerenciamento das complexas tributações e regras fiscais envolvidas na venda entre empresas devem ser feitas diretamente por uma plataforma como a da F1 Commerce, ou seja, que proporcione três pilares importantes para a sustentação das organizações: reduzir custos, otimizar processos e vender mais.

Com essa plataforma de e-commerce B2B é possível gerenciar e configurar, além dos impostos, as demais variáveis envolvidas no processo de venda entre empresas, como tabelas de preços, descontos, condições de pagamento. Uma vez definidas e configuradas, essas políticas passam a estar disponíveis em todas os canais comerciais, garantindo todos os acordos firmados.

Sendo assim, o caminho mais assertivo e menos oneroso é investir na otimização dessa gestão, deixando que a tecnologia identifique automaticamente a realidade tributária de cada cliente, independente das regras estabelecidas nos seus estados de origem. Além de tudo isso, esse sistema será responsável por estabelecer ou integrar suas políticas e regras comerciais, disponibilizando-as para todos os seus canais.

Leia também: União Europeia adota novas regras ao IVA sobre compras online

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER