Redação E-Commerce Brasil

Experiência de compra diferenciada é a trend do momento para e-grocery

Terça-feira, 12 de outubro de 2021   Tempo de leitura: 5 minutos

Como trazer mais resultados para o seu e-grocery com uma experiência de compra diferenciada? Quem respondeu a essa pergunta foi o Principal Solution Engineer da Salesforce, Fabiano Porto, que participou do Congresso Grocery & Drinks.

Para se diferenciar e se destacar em um mercado tão competitivo como o varejo alimentar, Porto avalia que é imprescindível entender os desafios de mercado e de operação. No que diz respeito ao mercado, o principal deles é a jornada de experiência. 

“Quando a gente olha para dentro das operações, existem muitos silos de dados ainda e se torna difícil fazer escalonamento. Por isso, eu não consigo fazer uma abrangência maior de atendimento do meu negócio como um todo e, muitas vezes, não consigo ter uma análise preditiva. Ou seja, preciso entender o que o meu consumidor realmente quer, para que eu entregue uma melhor experiência dentro da minha plataforma”, analisa.

Já quando o assunto são os contratempos relacionados à operação, a dificuldade em vender quantidades fracionadas de produtos e, desta forma, atender às expectativas dos clientes, aparece no topo da lista. 

Disponibilidade, aplicação de promoções simultâneas e convergentes em todos os canais, precificação atualizada em tempo real a todo o catálogo, estoque unificado e com rastreamento e alterações frequentes das cestas, mesmo depois que o pedido é feito, também aparecem no ranking.

Mas, para além de entregar uma experiência personalizada, é preciso entregar um relacionamento verdadeiro com as necessidades do cliente, conforme aponta Porto.

 “Antigamente, a motivação tradicional era preço e conveniência. Agora eu tenho que entregar segurança com os dados e impacto social do que eu venho fazendo. Esses são os requisitos para entregar transparência desse relacionamento  sobre o que eu estou levando para o mercado”, opina.

Insights para uma experiência de compra diferenciada

Para pôr fim a esses desafios, Porto deixa três dicas valiosas:

  • Conheça seu cliente:

Isso possibilita eficiência e assertividade na entrega de experiências. “Oitenta por cento das empresas acreditam que estão entregando uma experiência maravilhosa ao consumidor, mas quando você vai fazer uma validação, 8% deles concordam com essa afirmação”,  adverte. A inteligência artificial é uma aliada para ajudar nessa questão, as etapas passam pela captura do comportamento de navegação do cliente, o que levará ao aprendizado de suas necessidades e culminará em melhorias, que podem ser ser feitas por meio da coleta de feedbacks. 

O ciclo de melhorias contínuas ainda pode incluir recomendações de produtos e de buscas, categorias personalizadas, commerce insights e personalizações de jornada.

  • Atenda suas necessidades

Agilidade nas operações é a palavra de ordem. Ofertar possibilidade de compras em diferentes canais, e envio rápido do produto, possibilitando ao consumidor acompanhar o status da entrega, são de suma importância. Somado a isso, é preciso ofertar um canal self service, para que se possa mudar os habilitadores de entrega, fazer pick up store entre outros. Tudo isso levará à fidelização.

  • Ofereça comodidade

Possibilite ao cliente opções de selecionar e agendar onde e como deseja coletar suas compras fisicamente. Vender momentos é uma boa pedida. Que tal disponibilizar receitas? Elas podem ser pensadas para serem preparadas com a gama de produtos que estão à venda na loja. 

Leia mais: Como e por que os microinfluenciadores podem ser ótima aposta no varejo de alimentos

Por Tatiana Moura, em cobertura especial para o Congresso Grocery & Drinks

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER