Logo E-Commerce Brasil

Same day delivery: como vender mais com a entrega expressa?

Por: Vinicius Pessin

Co-Founder da EuEntrego.com. Administrador de empresas, empreendedor e mercadólogo. Acumula mais de 20 anos de experiência nas áreas de <nowrap>e-commerce</nowrap>, internet, tecnologia da informação e telecom. Foi diretor da Hunting do B2W Marketplace, e já liderou equipes de outras companhias como Terra, Plugin, Diveo, UOL e e-smart.

Hoje, os consumidores querem tudo cada vez mais rápido. Muitos clientes que têm resistência em comprar online alegam o tempo de entrega como principal barreira. Nesse cenário, quando uma empresa utiliza o same day delivery de forma estratégica e consegue atender às necessidades diversas do mercado, com custos adequados, sai na frente da concorrência.

Segundo o anuário Trends 2022, feito em parceria entre Octadesk e Opinion Box, a desistência de compras por prazos de entregas longos representa 44%. Os dados mostram ainda que 25% dos consumidores deixariam de comprar de uma loja que não ofereça entregas no mesmo dia, 73% dos consumidores esperam que um e-commerce ofereça entregas ultrarrápidas, e 64% se dizem influenciados pelo prazo na hora de escolher.

A logística expressa é uma forma de entrega mais rápida que pode aumentar vendas, suprindo as demandas em locais remotos e acelerando a operação até mesmo nas grandes metrópoles.

Outro fator relevante é que a geração Z (que nasceu entre o fim da década de 1990 e 2010) declara que as entregas instantâneas e imediatistas são o novo normal. Ou seja, nos próximos anos, será uma necessidade, e não mais um diferencial.

O Brasil é o país com maior concentração de rodoviária de transportes de cargas do mundo. De acordo com a BBC, 58% do transporte no país são feitos por meio de rodovias. Apesar da capilaridade, o prazo médio de entrega varia muito de acordo com cada região.

Logística expressa

A logística expressa é uma forma de entrega mais rápida que pode aumentar vendas, suprindo as demandas em locais remotos e acelerando a operação até mesmo nas grandes metrópoles. Nessa forma de envio, um produto pode ser entregue no mesmo dia, depois da confirmação do pagamento.

Quando a compra é confirmada, o pedido é elencado como prioridade. Ele é separado no estoque, embalado e enviado antes dos demais para uma transportadora especialista em entregas expressas. Para isso, a organização precisa destinar uma equipe com foco nesses pedidos, e o valor da entrega expressa acaba sendo maior do que o das entregas tradicionais.

Uma opção interessante para a empresa que quer investir nessa modalidade é contar com centros de distribuição descentralizados (mini-hubs ou dark stores), localizados em diversas regiões do país e conectados em redes de entregas, o que facilita a redução dos prazos para consumidores que vivem fora dos grandes centros.

Same day delivery

Mesmo sendo uma tendência que ainda esteja em uso muito mais em varejistas de grande porte, o same day delivery já está se espalhando pelo mercado a passos largos. Empresas de médio e pequeno porte, aos poucos, já começam a adotar essa modalidade de entrega, conforme percebem que suas vendas aumentam quando prazos mais rápidos de entregas são disponibilizados.

Além de impulsionar as vendas do e-commerce, acompanha a agenda de tendências dos consumidores, trazendo maior taxa de fidelização e recorrência da compra, ampliando a confiança na marca e trazendo a oportunidade de atender a uma fatia importante do mercado mais exigente.

O fato é que qualquer segmento de negócio está sujeito a mudanças no comportamento do cliente e a períodos de incerteza na economia, o que pode gerar uma série de impactos negativos. No entanto, quando o empreendedor olha à frente, consegue se organizar para oferecer esses pequenos diferenciais que contam demais na corrida pela maior fatia de mercado.

Afinal, o cliente que opta por esse tipo de entrega não quer ter nenhuma dor de cabeça e gosta de praticidade. Com esse olhar, e utilizando as ferramentas certas, a entrega expressa pode ampliar as vendas e a fidelização dos consumidores. Bora entregar rápido?