Projeto mantido por:

Com tantos e-commerces no mercado, como se diferenciar? Dicas para abrir um e-commerce inovador

por Álvaro Souza Sexta-feira, 25 de março de 2022   Tempo de leitura: 10 minutos

Em 2021, o comércio eletrônico cresceu 27%. A expectativa é de que o mercado continue em alta em 2022 com faturamento previsto de R$ 174 bilhões – um crescimento de 9% em relação ao ano anterior. De olho nessas cifras, muita gente busca dicas para abrir um e-commerce de sucesso.

A grande questão é que, com o aumento da concorrência, é necessário investir em diferenciais para chamar a atenção do consumidor. Afinal de contas, hoje, o cliente não tem dificuldade alguma para achar o produto de desejo.

Basta jogar a palavra-chave no Google que aparecerão diversas lojas virtuais que vendem o mesmo item, com preço parecido e com condições de pagamento semelhantes. Nesse contexto, os reviews merecem destaque porque contribuem para atração, conversão e fidelização de consumidores.

Para dar mais dicas sobre como abrir um e-commerce de sucesso, preparamos este artigo. Veja, a seguir, como se destacar no mercado e conseguir vender mais, mesmo em um cenário de concorrência acirrada.

Abra espaços para reviews e avaliações no e-commerce

Os consumidores perderam o medo de comprar pela Internet. Por outro lado, eles estão cada vez mais criteriosos na hora de tomar uma decisão de compra. Então, é importante transmitir confiança ao cliente para conquistar a preferência dele. As avaliações contribuem para isso.

Os reviews são notas e comentários que expressam experiências de consumo reais com produtos, serviços ou marcas. Além de conferir maior credibilidade ao e-commerce, esse espaço aberto aumenta o tráfego da loja virtual, uma vez que as classificações interferem no ranqueamento do Google. Confira mais alguns dados interessantes que comprovam a importância dos reviews:

  • 94% dos consumidores afirmam não fazer negócios com empresas com nota muito baixa;
  • 90,2% dos consumidores leem avaliações e depoimentos antes de tomar uma decisão de compra;
  • produtos com reviews podem vender 270% mais se comparados a produtos sem avaliações;
  • 80% dos clientes tâm maior confiança em marcas com mais de quatro estrelas;
  • empresas com cinco estrelas têm taxa de conversão mais baixa se comparadas àquelas com 4,7, 4,8 e 4,9 pontos;
  • 45% dos consumidores afirmam estarem mais propensos a visitar uma empresa que responde às avaliações negativas.

Faça pesquisas de mercado

Avaliar o nicho de mercado em que você pretende entrar é fundamental para nortear as estratégias. Afinal de contas, as pesquisas mostram se o ambiente está favorável ou não. Nesse contexto, é importante estudar fatores econômicos, concorrentes, tendências de consumo e por aí vai.

Conheça o seu cliente

Pense bem: para agradar e surpreender a pessoa amada, nós buscamos entender seus gostos, não é mesmo? Quem prefere gatos, por exemplo, não ficaria tão feliz ao ganhar um cachorro de presente, concorda?

No e-commerce, a lógica é bem parecida: para atrair a atenção do cliente, é importante conhecer seus desejos e necessidades. Pesquisas de público e de satisfação ajudam nesse levantamento.

Aliás, os reviews – que citamos ali em cima – também fornecem informações importantes sobre o comportamento de compra. Então, vale a pena ficar de olho nos comentários.

Além de permitir a personalização de estratégias, esse cuidado é fundamental para manter um relacionamento de qualidade com o cliente. Assim, além de converter, é possível fidelizar e conquistar um promotor natural da marca.

Invista em tecnologias

A transformação digital caminha a passos largos. A razão é simples: as tecnologias otimizam as operações do negócio e melhoram a experiência do cliente. Sendo assim, vale investir em ferramentas de:

  • logística;
  • marketing;
  • relacionamento, como chatbot e omnichannel;
  • experiência mobile;
  • coleta e análise de dados, como big data e data mining.

Tenha uma proposta clara

Pense em uma loja de roupas plus size. É de se esperar que esse comércio venda roupas de tamanhos maiores, não é mesmo? Pois bem, um e-commerce assim tem uma proposta de valor bem clara, e o consumidor tem uma boa ideia do que vai encontrar no site. Isso é bom para atrair públicos específicos. Outro aspecto que merece atenção é a definição de:

missão: razão de existir do negócio;

visão: aonde a empresa pretende chegar;

valores: princípios que norteiam atitudes e comportamentos de todos que trabalham com a marca.

Imprima a personalidade da loja em toda a jornada de compra do cliente

A jornada do cliente começa bem antes de ele entrar na sua loja virtual. As pesquisas na Internet para escolher o produto ideal, os comentários de outros clientes nas redes sociais, postagens de amigos e influenciadores digitais, ofertas enviadas por e-mail etc. Tudo isso conta para uma experiência fluida.

E para que o consumidor lembre da sua marca do início ao fim, é importante imprimir a personalidade do e-commerce em todos esses momentos e investir em branding.

Se um dos princípios da sua empresa é garantir um atendimento de qualidade, por exemplo, o consumidor precisa ter acesso a uma assistência impecável em qualquer momento: ao ler as respostas aos reviews, reclamações, contato com atendente para solucionar dúvidas, pós-vendas e até para resolver problemas em caso de erros.

Colete dados e use-os para melhorar as operações

Vamos supor que o seu e-commerce recebe reclamações frequentes sobre a qualidade do atendimento. Isso pode ser sinal de que sua equipe precisa de melhores treinamentos de onboarding e atualizações para os colaboradores mais antigos.

Agora, imagine que o caixa do mês fechou no vermelho por causa das vendas parceladas. Nesse contexto, é legal pensar em formas de incentivar compras à vista. Vale até dar descontos para o pagamento antecipado se tornar mais atrativo aos olhos dos clientes.

Moral da história: reúna dados, faça testes e aprenda com os resultados. Dessa forma, você consegue aperfeiçoar o e-commerce e mantê-lo sempre inovador, mesmo se já tiver muitos anos de mercado.

Tenha parceiros de confiança

Se a transportadora não entrega o produto ao cliente no prazo, é o seu e-commerce que fica com fama ruim no mercado, concorda? A mesma lógica vale para fornecedores que vendem mercadorias com defeito ou de má qualidade, tecnologia ineficiente que provoca lentidão do site, atendentes rudes e por aí vai.

Pois bem, para ter bons resultados, é fundamental contar com parceiros de negócios de confiança. Sendo assim, mantenha o rigor na hora de fechar contratos. Muitas vezes, o barato pode sair caro.

Investir em estratégias de diferenciação é uma das dicas mais valiosas para abrir um e-commerce de sucesso. Afinal de contas, apresentar atrativos extras ao consumidor é essencial para destacar o seu negócio da concorrência. E os reviews merecem atenção especial porque, além de diferenciarem o e-commerce, eles contribuem para a aumentar a taxa de conversão, fidelizar e gerar dados importantes para melhorar as operações da loja virtual.

Leia também: Fatores que podem influenciar suas vendas no e-commerce

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER