Como usar a automação para integrar marketing e vendas

por Diego Andrade Sexta-feira, 27 de março de 2020   Tempo de leitura: 8 minutos

Uma das grandes tendências dentre as empresas que trabalham no meio digital, incluindo os e-commerces, é a utilização da automação para marketing e vendas. Mais precisamente para unir os dois departamentos em um só.

Muitas lojas virtuais já contam com essa integração sem saber. São aquelas tocadas por uma ou duas pessoas em que o gestor toma conta de tudo: faz vendas, marketing, controle de estoque e gestão financeira. 

No entanto, mesmo nesses casos é importante ter em mente que a integração perfeita dos setores de marketing e vendas pode trazer mais negócios e uma eficácia maior na loja virtual. E tudo isso pode ser feito com uma ferramenta de automação correta.

Quer saber como usar a automação para integrar marketing e vendas? Então continue a leitura!

O que é o vendarketing (ou smarketing)?

Tradicionalmente, os departamentos de marketing e vendas são relativamente separados dentro de grandes empresas. Na verdade, “relativamente” pode ser visto como um eufemismo, já que não é raro ver certas rixas entre os dois times.

Afinal, quem é responsável por uma venda? O vendedor que fechou o negócio ou o profissional de marketing que “armou a jogada”? 

Para o pessoal do marketing, a empresa só não cresce mais porque o time de Vendas não aproveita os leads gerados. Para o time de vendas, o pessoal do marketing não cria oportunidades e por aí vai.

No entanto, o ambiente digital trouxe uma aproximação natural para os dois segmentos. Afinal, com as ferramentas de marketing de conteúdo, e-mail marketing e as redes sociais, vender e fazer marketing se tornaram tarefas ainda mais suplementares.

Para tirar o melhor desse cenário, muitas empresas começaram a utilizar o que ganhou o nome de vendarkerting (ou marketing no exterior): a junção dos departamentos de marketing e vendas.

É exatamente o que você imaginou: os dois departamentos (ou as duas tarefas, considerando uma loja virtual) passam a trabalhar em conjunto, na mesma sala, com suas funções integradas.

Quem faz vendas, faz marketing. Quem faz marketing, faz vendas. Assim o processo completo (desde a obtenção de visitantes e posicionamento da empresa, até obtenção de leads e conversão em clientes) é interligado e otimizado.

Quais as vantagens de unir marketing e vendas?

Atualmente, são muitas as empresas que têm utilizado o vendarketing no dia a dia. Se você ainda não está convencido de que deve adotar a estratégia no seu negócio, confira algumas vantagens abaixo!

Aumento de oportunidades

Um dos principais benefícios do vendarketing é que ele traz um aumento natural de oportunidades de vendas para a empresa. Isso acontece porque há um ajuste orgânico de estratégia do marketing e de vendas para convergir no mesmo ponto.

Quando os dois departamentos estão em pé de igualdade, eles conseguem alinhar as ações para gerar os leads certos e fechar as vendas corretas.

Por exemplo, imagine uma empresa de embalagens que venda para grandes fábricas e rede de lojas, mas também para clientes menores, incluindo empreendedores e e-commerces.

Para o time de marketing, pode ser mais fácil gerar leads de lojas digitais, até pelo grande número delas no Brasil. No entanto, para o time de vendas, é mais vantajoso fechar pacotes maiores para grandes fábricas, já que torna mais fácil bater a meta de vendas e assim por diante.

Sem alinhamento, o setor de marketing continuará gerando leads pequenos e os vendedores não irão se sentir motivados a ir atrás desses contatos, pois “não valem a pena”. Ao unir os dois departamentos, a estratégia fica unificada e traz um aumento de oportunidades.

E por falar nisso…

Mais vendas

Um dos benefícios de unir marketing e vendas é que os dois setores se complementam. Quando trabalham em conjunto, eles aumentam o número de vendas do e-commerce.

Se você já precisou negociar com algum cliente nas redes sociais, sabe que às vezes é difícil bater as objeções que eles levantam. Esse é o drama que os vendedores passam todos os dias.

No entanto, é o time de Marketing que consegue sobrepor as barreiras ao fazer anúncios segmentados, produzir conteúdo educativo ou oferecer subsídios para os vendedores usarem.

Na prática, o vendarketing produz leads mais qualificados e uma equipe de vendedores mais propícia a ultrapassar as barreiras impostas pelos clientes.

Melhora na previsibilidade e métricas da empresa

A união dos dois times, especialmente em um cenário digital como o de um e-commerce, traz uma estabilidade maior para a empresa. Isso porque o Marketing e as Vendas digitais são feitas em estruturas de alta metrificação.

Assim, é possível estabelecer estratégias com alto valor de previsibilidade no longo prazo, o que garante um movimento mais estável para a empresa. Fica mais fácil saber o que funciona, crescer e planejar ações futuras, inclusive com previsão de sazonalidade.

Esse, no entanto, é o cenário teórico ideal. Alcançá-lo na prática é muito mais difícil, especialmente porque as perspectivas de marketing e vendas são diferentes.

Uma solução para isso é a automação para marketing e vendas. Quer saber como? Leia a seguir.

Como usar a automação para integrar marketing e vendas?

A automação para integrar marketing e vendas é essencial para quem quer utilizar o vendarketing porque ela remove da equação várias das dificuldades que atrapalham a união entre os dois times.

A primeira das vantagens da automação é pelo registro de todas as ações e estágios de cada lead ou contato gerado pela estratégia. Ou seja, na prática, a automação cria uma espécie de registro do trabalho realizado, o que facilita a integração entre os times, mesmo que a comunicação não seja das melhores.

Além disso, as contribuições de cada time ficam mais evidentes no processo automatizado, especialmente em um tradicional modelo de funil de vendas (muito usado por e-commerces).

Utilizar a automação para marketing e vendas permite que ambos os setores possam perceber como melhor nutrir os leads gerados, onde estão os gargalos de produtividade no funil e quais estratégias empregar para melhorar as ações.

Para utilizar a automação para marketing e vendas no seu e-commerce, no entanto, é importante escolher um bom software para o trabalho, para poder usufruir ao máximo da estratégia.

Além disso, se faz muito necessário que os dois times tenham contribuição igual, tanto no planejamento, como na execução das tarefas automatizadas.

Por fim, é importante que todos tenham em mente que a otimização do vendarketing leva algum tempo. É importante coletar dados por um bom período e então trabalhar para melhorar as métricas aos poucos.

Com essas estratégias em mente, a automação para marketing e vendas trará excelentes resultados para um e-commerce, o que é essencial para quem quer crescer e subir de patamar.

E aí, o que você achou do conteúdo? Comente abaixo com a sua opinião sobre o que foi discutido neste artigo!

 

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.