Logo E-Commerce Brasil

Solteiros gastam mais com produtos mais caros

Por: Vivianne Vilela

Diretora de Conteúdo do E-Commerce Brasil

Vivianne Vilela atua como Diretora de Conteúdo, do E-Commerce Brasil há mais de 11 anos. É responsável pela curadoria dos eventos, dentre eles o Fórum E-Commerce Brasil (maior evento de <nowrap>e-commerce</nowrap> das Américas). Passou mais de 7 anos trabalhando em projetos nacionais para promover a inclusão, transformação e expansão no uso da tecnologia dos pequenos negócios no Brasil pelo Sebrae Nacional.

De acordo com a pesquisa nacional realizada pela Nielsen, as pessoas que moram sozinhas são as que mais consomem os produtos mais caros. “Esses lares gastaram 36% a mais do que a média no Brasil, no consumo de sobremesas prontas”, exemplifica Jefferson Silva, gerente de Homescan da Nielsen.

Os 2,3 milhões de lares de pessoas que moram sozinhas se concentram principalmente na Grande São Paulo, em Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro, e o consumo desses lares cresceu 6%, índice menor que a média nacional, que atingiu 8%.

Produtos como o suco concentrado e o chá pronto são os mais consumidos pelos lares “sozinhos” no País, com 39% e 5%, respectivamente. Porém, outras categorias que ficaram para trás, como o café solúvel (com 28% do consumo) e o antisséptico bucal (com 19%) são alguns dos itens que possuem grande potencial para serem explorados.

Este cenário ocorre mesmo quando o consumidor vai poucas vezes ao ponto de venda – cerca de 81 vezes ao ano, enquanto a média brasileira é de 119 vezes. Além disso, como são “famílias” menores, eles também gastam menos por ato de compra, por volta de R$10,76 contra R$13,52 da média nacional.

Por: No Varejo