Logo E-Commerce Brasil

Como recrutar uma equipe de colaboradores para seu e-commerce?

Por: Júlia Rondinelli

Editora-chefe da redação do E-Commerce Brasil

Jornalista formada pela Faculdade Cásper Líbero e especialização em arte, literatura e filosofia pela PUC-RS. Atua no mercado de <nowrap>e-commerce</nowrap> desde 2018 com produção técnica de conteúdo e fomento à educação profissional do setor. Além do portal, é editora-chefe da revista E-Commerce Brasil.

Uma vaga bem descrita é o primeiro passo para encontrar o candidato que você gostaria de ter na empresa. Se já tentou, sabe que fazer um título claro e um texto que dialogue com o interessado e transmita os valores do seu negócio não é nem de longe um trabalho simples.

Uma operação de e-commerce está sempre envolvida em grandes ambições e, para que esses planos saiam do papel, é preciso ter uma equipe dedicada e com expertise no assunto.

Quem vai gerenciar o conteúdo e o plano de marketing digital? Quem vai coletar e analisar os dados disponíveis? Qual pessoa ficará responsável pelos resultados de venda da loja? Quem vai gerenciar o estoque e cuidar do financeiro?

O número de cargos e pessoas na sua equipe depende da maturidade da sua empresa. É claro que um e-commerce pequeno terá um time básico, com o gerente abraçando funções de vendas, coordenação de campanhas, atendimento e negociação com fornecedores. É um cenário bem diferente de médios e grandes e-commerces, que contam com especialistas por área e um grupo mais robusto.

Pensando em como ajudar e-commerces na contratação de colaboradores, a Nação Digital, agência de Inbound Commerce, está lançando um guia simples, direto, prático e útil com as job descriptions das funções vitais para lojas virtuais de pequeno, médio e grande porte.

O “Guia de contratação de colaboradores para e-commerces” traz as descrições dos cargos que fazem uma loja virtual acontecer, como gerente de marketing, atendimento, estoquista, redator, social media, designer, web analytics e programador.

Traz ainda os requisitos importantes para o desempenho de cada atividade, os diferenciais que fazem os candidatos se destacarem, além de uma lista de benefícios que a empresa pode oferecer e atrair os melhores talentos.

Leia também: Migração de plataforma? Check-list gratuito ajuda e-commerces na transição.