Logo E-Commerce Brasil

Para harmonizar com gostos e bolsos: dados sobre vinhos no Brasil mostram amplitude de mercado

Por: Dyessica Abadi

Jornalista na WebGlobal

Jornalista Especialista em Conteúdo e Análise de Dados na WebGlobal. Crio conteúdo com base em dados para ajudar você a tomar decisões inteligentes para sua marca ou <nowrap>e-commerce</nowrap>. Premiada no 1º Prêmio Fapesc de Jornalismo em CTI – Ciência, Tecnologia e Inovação (2021).

Já reparou que as adegas estão melhor abastecidas nos últimos anos? Não é por acaso. Desde a pandemia, os vinhos se popularizaram entre os consumidores brasileiros e passaram a ser uma opção mais acessível.

O crescimento desse mercado foi acompanhado, principalmente, por novos apreciadores da bebida. Segundo a Associação Brasileira de Sommeliers (ABS), em 2022, o consumo per capita de vinhos no Brasil aumentou 50% em relação a 2019.

Seja para harmonizar com um prato ou protagonizar eventos informais, há milhares de opções de vinhos que atendem a todos os gostos. E, na internet, fica ainda mais fácil encontrar ofertas deste produto.

O sistema de monitoramento online WebPrice realizou um estudo com mais de 10 mil ofertas de vinhos nacionais e importados monitorados em tempo real.

Para todos os bolsos: preços que variam de R$ 9 a R$ 33 mil

Atualmente, o mini San Severo Tinto Suave é o vinho mais barato monitorado pelo WebPrice, custando apenas R$ 9,50. É produzido na região da Serra Gaúcha e tem 250ml, sendo perfeito para compor lembrancinhas, brindes ou cestas.

Hoje, o vinho com menor preço monitorado pelo WebPrice é o San Severo por R$9,50. Imagem: Divulgação/WebPrice

Mas se a busca é uma opção sofisticada para ocasiões especiais, talvez seja melhor considerar o vinho da safra de 2014 do Château D’yquem Branco Seco. Esse é, inclusive, o item mais caro da categoria, custando nada mais nada menos que R$ 33.322,22. Produzido em antigas vinhas francesas, leva no mínimo cinco anos para que suas uvas atendam aos padrões rígidos de colheita.

Hoje, o vinho mais caro é o Château D’yquem que custa R$33.322,22. Imagem: Divulgação/WebPrice

Item de colecionador: safras com mais de 60 anos

Imagine experimentar uma bebida com mais de 60 anos de história. O vinho Tinto Seco Bual da vinícola Blandy’s foi produzido em 1957 e está disponível por R$ 4.099,43. Outro item de colecionador é o vinho Tinto Seco Vintage Blend de 1960 da vinícola Wiese & Krohn que atualmente custa R$ 6.400,00.

Da esquerda para direita: vinho Wiese & Krohn de 1960 e vinho Blandy’s de 1957. Imagem: Divulgação/WebPrice

Raridade! O item mais antigo do catálogo tem mais de cem anos: o vinho Blandy’s Branco Seco Bual foi produzido em 1920 em Portugal. Hoje, a oferta desse produto é monitorada pelo WebPrice e está disponível por apenas R$ 28.144,70.

O item mais antigo é o vinho Blandy’s de 1920. Imagem: Divulgação/WebPrice

Para todos os gostos: produtos produzidos em 26 países

No total, são monitorados vinhos de mais de 1600 vinícolas originárias de 26 países. O fato curioso é que o Brasil não detém a maior quantidade de produtos com ofertas online no próprio mercado online.

O Chile é o país com maior representação nacional, totalizando mais de 20% . Logo na sequência, a França (18%) e a Itália (16%) dominam a quantidade de produtos com ofertas online no país.
O que surpreende, por sua vez, é a vizinha Argentina ocupar o quarto lugar desse pódio, com 14% de representação no mercado. Na quinta posição, está Portugal, com 12%.

Juntos, os cinco primeiros países desse ranking representam mais de 1300 marcas e 7,8 mil produtos monitorados em tempo real:

Chile
França
Itália
Argentina
Portugal
Espanha
Brasil
Uruguai
Estados Unidos
África do Sul

Entre os vinhos importados, hoje, a oferta mais barata é do chileno Santa Carolina Reservado Cabernet Sauvignon, que custa a partir de R$17,96.

Hoje, o vinho importado de menor preço é o Santa Carolina por R$17,96. Imagem: Divulgação/WebPrice

Adega completa: itens que vão melhorar sua experiência

A ideia de guardar vinho no sótão é coisa do passado. Hoje, é possível melhorar ainda mais a experiência com alguns itens indispensáveis para qualquer amante da bebida. Então, que tal também dar uma espiadinha em como anda o mercado de adegas e abridores elétricos?

Marcas, preços e ofertas disponíveis de abridores de vinho elétrico monitorados pelo sistema WebPrice. Imagem: Divulgação/WebPrice

Já experimentou abrir uma garrafa com apenas um clique. Pois é, o abridor elétrico se tornou o queridinho dos amantes de vinho e conquistou grande popularidade. Hoje, o WebPrice monitora mais de 430 ofertas de abridores de vinho elétrico, com preços que podem variar de R$61,51 a R$504,90.

Também não pode faltar uma adega potente para deixar o vinho na temperatura ideal, não é mesmo? De acordo com o sistema, o produto presente em mais lojas é a Adega Brastemp Preta com capacidade para 12 Garrafas. Disponível em 23 marketplaces, tem o preço mínimo de R$ 849,00.

Para a categoria de adegas, a Brastemp é a marca presente em mais lojas. Não é à toa que domina o ranking da categoria, com outro produto de maior capacidade entre os mais relevantes: a adega Brastemp Inox que comporta até 33 garrafas e custa R$ 2.706,55.

Para ter acesso a esse e outros dados sobre produtos relacionados a vinhos, acesse https://insights.ecommercebrasil.com.br/.

Dados extraídos do sistema WebPrice em 29 de abril de 2024.

Saiba onde encontrar mais dados do mercado online

Quer saber histórico e variação de preços praticados pelo mercado de vinhos? Ou que tal analisar quais lojas ofertam determinados rótulos? Desde a comparação entre marcas, produtos e ofertas até uma análise mais aprofundada do segmento você confere em tempo real com o WebPrice.

O WebPrice monitora mais de 400 categorias de produtos. Com uma solução completa e personalizável, é capaz de analisar dados de comércio online de diferentes segmentos, desde saúde e beleza, passando por peças automotivas, eletrodomésticos, ferramentas e calçados.

Com esse sistema de monitoramento online, você tem em mãos informações valiosas sobre produtos da sua marca e seus concorrentes de forma completa. São dados possíveis referentes a todo mercado online do Brasil e América Latina, incluindo sellers, e-commerces e grandes marketplaces, como Magazine Luiza, Americanas, Amazon, Mercado Livre, entre outros.

Entre em contato com a nossa equipe e agende uma demonstração.