Redação E-Commerce Brasil

Mercado Livre passa a aceitar pagamento com criptomoedas para imóveis na Argentina

Quinta-feira, 29 de abril de 2021   Tempo de leitura: 2 minutos

O Mercado Livre anunciou que pela primeira vez na história aceitará pagamento com criptomoedas em sua plataforma. Inicialmente o marketplace vai permitir o pagamento apenas com bitcoins para compra de imóveis na Argentina. A ideia, porém, é ampliar nos próximos anos para todos os países em que a companhia atua.

O anúncio oficial foi dado na página oficial do Mercado Livre nas redes sociais. A oferta inclui apartamentos, casas, lotes e terrenos, entre outros, tanto na Cidade de Buenos Aires , como na Grande Buenos Aires, Santa Fé e Córdoba.

Leia também: Mercado Livre implementa Pix como forma de pagamento

Ainda de acordo com o Meli, para viabilizar o sistema foi desenvolvido uma plataforma própria “100% em criptomoedas”, disse a companhia, na qual já há mais de 75 imóveis oferecidos por sete empresas.

“Estamos sempre atentos às mudanças que ocorrem no mercado. O bitcoin oferece muitas vantagens para transações imobiliárias, tanto para o comprador quanto para o vendedor. Hoje lançamos a seção de criptomoedas dentro do Mercado Libre Inmuebles e em poucas horas já são 75 imóveis disponíveis . Esperamos muito mais com o passar dos dias, porque longe de ser uma tendência, vemos que é uma tendência que vai se consolidando com o tempo ”, disse, Juan Manuel Carretero , gerente comercial de Veículos, Imóveis e Mercado da empresa.

Com informações do CoinTelegraph

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.