Projeto mantido por:

Importância dos testes A/B para e-commerce

por Sabrina Tonom Terça-feira, 29 de março de 2022   Tempo de leitura: 7 minutos

Em qualquer segmento comercial, o uso de testes é primordial para obter respostas e definir caminhos que devem ser traçados para a modificação ou melhoria de algum processo. No mundo digital, ficou muito mais fácil mensurar os resultados, já que os dados podem ser coletados e identificados com facilidade.

Um dos testes mais importantes e que deve ser aplicado a e-commerces é o teste A/B. Ele consiste em utilizar uma base de clientes para testar qual versão de uma landing page ou e-mail, por exemplo, teve um desempenho melhor diante do público. Esse teste também pode ser aplicado a uma página inicial, a pop-ups, campanhas publicitárias, páginas de compra, entre outros processos existentes em comércios digitais.

Para realizar o teste, a equipe responsável pelo e-commerce deve definir qual o objetivo principal que a empresa espera atingir e, a partir disso, desenvolver duas versões com apenas um elemento de diferença entre elas, para garantir a eficácia e evitar imprecisões. Esse elemento pode ser o layout, um botão, a fonte das letras, cores ou a disposição dos itens em uma página – ele vai depender do que a empresa pretende analisar.

Teste A/B na prática

Por exemplo, se o objetivo de uma página de cadastro é trazer mais leads para o banco de registro, uma estratégia para tentar aumentar essa conversão é diminuir o número de dados que o usuário precisa inserir para fazer o cadastro. Em seguida, deve-se enviar a versão reduzida e a padrão da página de cadastro para dois grupos de clientes e deixá-las circulando pelo mesmo período.

O mais recomendado são sete dias, pois as dinâmicas de consumo se alteram durante os fins de semana, e isso atrapalha a análise dos dados. Entretanto, o período pode variar de acordo com o alcance que a empresa possui, o volume de acessos médio e, principalmente, o índice de confiabilidade (utilizado para encerrar a duração do teste). Segundo estatísticas, esse índice precisa estar em torno de 95%.

Se, ao final do período, os resultados mostrarem que a página com menos dados para preencher obteve o maior número de cadastros, isso indica que o público tem preferência por esse tipo de página. Logo, o e-commerce deve adotá-lo na etapa de captação de leads.

Um teste A/B pode ser realizado a qualquer momento e em qualquer página de uma loja virtual. Para saber o melhor momento de aplicá-lo, é necessário acompanhar com frequência as métricas, especialmente as de acesso e conversão. Caso a métrica de conversão apresente queda em um determinado período, a aplicação de um teste pode ajudar a identificar os motivos e provocar mudanças para evitar que ela diminua ainda mais.

Importância de realizar o teste

A principal vantagem de adotar testes A/B em e-commerces é a possibilidade de moldar as estratégias de acordo com os resultados obtidos. Assim, a comunicação com os clientes e a conversão de leads tornam-se mais eficazes, otimizando a jornada de compra. Atualmente, existem plataformas especializadas nesse tipo de teste, que oferecem ferramentas, recursos e gráficos para realizar as mudanças e mensurar os resultados.

Além disso, a empresa consegue conhecer melhor o comportamento dos seus clientes e, consequentemente, direcionar campanhas de marketing digital (como anúncios em redes sociais) para atingir o público de forma direta. O tráfego pago é uma das maneiras mais comuns de divulgação de um negócio, mas é necessário saber as preferências do público para atrair usuários que realmente se interessam pelo produto ou serviço disponibilizado pelo e-commerce.

A partir dos dados comportamentais, a empresa consegue direcionar seus investimentos para redes sociais específicas que os seus possíveis clientes mais acessam. Assim, o negócio concentra os recursos a fim de converter leads em clientes com maior objetividade.

Os testes A/B apresentam muitas vantagens aos donos de e-commerce em vários processos e elementos da dinâmica comercial, desde a atração pelo marketing até o fechamento de uma venda. Confira as etapas para implementá-los no seu negócio:

  • Análise das métricas;
  • Definição de um objetivo principal;
  • Produção das versões A e B;
  • Disparo das versões pelo mesmo período;
  • Acompanhamento;
  • Fechamento do teste;
  • Análise dos resultados;
  • Implementação de novas estratégias.

Não deixe o desempenho do e-commerce cair e comece a otimizar o seu negócio a fim de oferecer a melhor experiência de compra para o seu cliente!

Leia também: A importância do teste A/B na hora de mudar seu e-commerce

 

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER