Marketplace de nicho: saiba por que vale a pena investir em um!

por Susi Herdy Terça-feira, 06 de abril de 2021   Tempo de leitura: 9 minutos

Os marketplaces têm tido uma participação cada vez maior no mercado digital, sobretudo aqueles que atuam em nichos específicos. Para os consumidores, ter a possibilidade de acessar uma loja e encontrar um grande sortimento de itens dentro da categoria desejada, sem dúvidas, é uma excelente experiência. Afinal, eles têm a chance de comparar preço, produto e tempo de entrega num mesmo site e, por fim, adquirir o item do vendedor que desejar. Neste artigo, você saberá o que é marketplace de nicho, o que ele difere do formato convencional e ficará por dentro dos dados do mercado que revelam o seu crescimento e as vantagens de investir em um.

Compreendendo o que os consumidores desejam

Antes de mais nada, pare e pense por alguns instantes. Você está precisando de roupas e tênis para usar durante a sua prática de exercícios físicos e quer encontrar peças de qualidade, mas por bons preços. Então, rapidamente começa a pesquisar os produtos entre as lojas virtuais das marcas do segmento de artigos esportivos. Afinal, você quer saber o que vale mais a pena, antes de realmente efetuar a compra. Entretanto, não podemos negar que isso pode ser bastante cansativo, não é mesmo?

E se você tivesse a possibilidade de entrar em um único e-commerce e encontrar nele uma extensa variedade de itens de moda esportiva? Ali, teria a opção de analisar os itens que te atenderiam da melhor maneira — avaliando preços, valores de frete e tempo de entrega. E de quebra, poderia comprar de qualquer vendedor ali presente ali. Pois bem! Sem dúvidas, você não pensaria nem duas vezes e preferiria comprar neste site ao invés de pesquisar loja por loja, certo?

Está aí um dos grandes motivos dos marketplaces de nicho estarem em plena expansão e ser uma tendência bastante promissora no mercado. Ao se colocar no lugar do consumidor se torna fácil perceber o que ele deseja e procura antes de realizar uma compra. Se ele está mais exigente e criterioso, nada mais oportuno que o seu e-commerce seja a solução para os seus dilemas e necessidades, trazendo uma ampla variedade de vendedores em um único lugar. Além disso, apostar em apenas um nicho é uma excelente estratégia para se diferenciar e ser certeiro ao atirar a flecha para o alvo.

Mas, afinal, o que é marketplace de nicho?

Caso você tenha começado a leitura deste artigo sem saber o conceito de marketplace de nicho. No entanto, após o exemplo citado acima, talvez a sua definição esteja um pouco mais nítida agora. Mas, afinal, o que ele é? Primeiramente, entenda que marketplace é uma espécie de shopping center virtual. Ou seja, são vendas online onde diferentes lojas podem anunciar os seus produtos em um único ambiente. Oferece, portanto, um catálogo maior aos clientes. Ao passo que o marketplace de nicho, apesar de operar da mesma maneira, não é tão amplo quando comparado ao modelo convencional — pois atua em um segmento específico.

No exemplo que citei, o marketplace em questão era do nicho de artigos esportivos, como o Netshoes. Porém, existem do segmento de moda, calçados e acessórios (como a Dafiti e o Enjoei); setor de móveis e eletrodomésticos (como o MadeiraMadeira, por exemplo), entre outros. Evidencio ainda que eles podem ser em formato B2C (empresa para consumidor), C2C (Consumidor para Consumidor) e B2B (Empresa para Empresa). Portanto, depende da estratégia de cada lojista que deseja contar com um marketplace de nicho.

Vantagens de investir em um marketplace de nicho

Antes de realizar um novo investimento, é essencial saber os benefícios que ele pode gerar, para que a sua decisão seja a mais assertiva possível. Por isso, confira, a seguir, as principais vantagens de investir neste tipo de marketplace.

1 – Crescimento do mercado

Impossível começar a falar sobre as vantagens de investir em um marketplace de nicho sem mencionar a nítida expansão deste mercado. Para você ter uma ideia, segundo o 42º relatório Webshoppers, realizado pela Ebit|Nielsen, os varejistas que são marketplace representaram 78% do faturamento total do comércio eletrônico brasileiro, numa análise do primeiro semestre de 2020. Ainda de acordo com o relatório, durante este período, foram registrados 64 milhões de pedidos, um aumento de 52% em relação a 2019. Os nichos de atuação mais populares são: moda, esportes e móveis.

2 – Maior facilidade em se destacar no mercado

Ao investir em um marketplace tradicional, que não opere apenas em um segmento, como a Amazon, é mais difícil se destacar no mercado competitivo e crescer nele. Em contrapartida, ao apostar num determinado nicho, a concorrência tende a ser menor e a interação entre os sellers e os consumidores, maior — já que compartilham do mesmo interesse. Isso sem mencionar que num marketplace que não seja segmentado, as negociações com os sellers são mais complexas. Afinal, ocorrem variações nos tipos de taxas que são cobradas. No entanto, é válido destacar que nada te impede de começar com um marketplace de nicho e, depois, começar a ampliar os seus segmentos de atuação, assim como a própria Amazon fez.

3 – Atração de consumidores mais qualificados

Como assim consumidores mais qualificados? Pense! Se o seu marketplace é de um nicho específico e um consumidor acessa o seu site, significa que ele se interessa pelo seu segmento. E, mais do que isso: pode ser um grande entusiasta. Sendo assim, é mais provável que ele efetue uma compra por ali, ao visitar a sua loja, do que um usuário que entra em um marketplace que vende produtos dos mais variados setores. Além disso, até mesmo a fidelização dos clientes se torna mais simples. Sem contar que atrair os consumidores certos através de um público segmentado, a partir de estratégias de marketing digital, é mais fácil e efetivo.

Dicas finais para investir em um marketplace de nicho

Após estes dados e informações, acredito que está ainda mais nítido o crescimento do mercado de marketplaces de nicho, sendo destaque de uma tendência que tem se tornado cada vez mais real. Até mesmo shoppings físicos têm investido em e-commerces em formato de marketplaces.

Para investir em um, portanto, é preciso se atentar à escolha da plataforma que será utilizada para hospedar o seu marketplace. Certifique-se, portanto, que ela estará pronta para atender às suas especificidades, além dos profissionais responsáveis pela viabilização do projeto. E, por fim, é fundamental compreender o comportamento e hábitos dos consumidores do seu nicho. Dessa forma, você saberá se comunicar com ele de maneira assertiva, com uma excelente experiência de consumo em todas as etapas da jornada de compra. Acredite, pois será possível se consolidar no mercado digital e crescer com ele.

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER