5 passos para reduzir fraudes no seu e-commerce

por Leonardo Parreira Terça-feira, 19 de janeiro de 2021   Tempo de leitura: 3 minutos

Muitas empresas hoje sofrem fraudes em suas operações, sejam por clientes ou por fornecedores. E isso acarreta prejuízos operacionais e financeiros! Nesse cenário existem alguns cuidados que você pode tomar para reduzir fraudes no seu e-commerce.

O principal cuidado se trata de conhecer a fundo seu cliente. Para isso, é necessário adotar algumas medidas que falarei mais adiante. Continue na leitura.

Cenário de fraudes atual

Em um relatório anual da Experian, 57% das empresas participantes mostraram perdas financeiras devido a fraudes em suas operações. Um outro estudo da Konduto identificou que a cada 40 pedidos online no Brasil, um é de origem fraudulenta.

Nesse sentido, para proteger tanto o seu negócio como o seu cliente é necessário adotar medidas de prevenção às fraudes. Veja algumas delas:

1 – Validação cadastral

Uma medida que você pode adotar no negócio é a validação cadastral. Ou seja, à medida que os seus clientes se cadastram, você pode validar essas informações em diversas fontes. Pode ser, por exemplo, por CPF, endereço, RG, data de nascimento e diversas outras informações.

Isso lhe permite identificar se quem está fazendo a compra é de fato o dono daqueles dados informados.

2 – OCR e Face Match

Uma medida que tem sido muito útil para diversos segmentos é o OCR e Face Match. O OCR é a extração de informações através do envio da foto de um documento, por exemplo, Ou seja, é solicitado o RG do cliente e, por meio da foto, a empresa consegue extrair  informações como CPF, Data de Nascimento, etc. Isso assegura maior veracidade das informações.

Da mesma forma funciona o Face Match. Neste caso, o cliente envia uma foto do documento juntamente com uma selfie. Esse processo irá validar se a pessoa que está efetuando o cadastro com aquele documento de fato é a proprietária dele.

3 – Análise de risco

A análise de risco é o processo de classificação de risco do cliente por meio de critérios e fontes definidas pela empresa. Por exemplo, você poderá definir que, caso a pessoa já tiver processos de negativação de crédito, ela pode representar um risco maior à sua operação. Assim, aquele cliente deverá ser monitorado com maior frequência.

4 – Compliance

É extremamente necessário estabelecer regras de compliance — reforço que só assim poderá mapear o que pode representar perigo ao seu negócio ou não. Essas regras de compliance devem abranger todos os controles da empresa, interno e externo, e vão nortear suas as práticas e ações.

As regras de compliance previnem que sua empresa passe por problemas futuros oriundos de más condutas — evitando até mesmo perdas financeiras em decorrência deles.

5 – Automação dos processos

A automatização de processos pode te ajudar muito na execução de todas essas medidas. Ressalto que existem várias ferramentas que fazem essas práticas de forma automática e integrada. Ao final, você ainda terá acesso a um documento completo sobre o cliente, assim, poderá entender se é uma fraude ou algum cliente que representa risco ao compliance da empresa.

Com essas práticas, seu e-commerce estará mais protegido quanto a possíveis ações fraudulentas, assim como os seus clientes — reduzindo riscos financeiros e processuais ao seu negócio.

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.