5 estratégias para engajar seus clientes no e-commerce

por José Augusto Terça-feira, 01 de dezembro de 2020   Tempo de leitura: 5 minutos

Sabe aquela frase: “O básico precisa ser dito”? Pois é, isso nunca foi tão verdade. Com o isolamento social e os altos índices desemprego, o mercado digital cresceu. Seja em número de vendas e faturamento, ou em novos negócios. 

É comum que as pessoas pensem que ter um negócio, principalmente um e-commerce, signifique lucratividade instantânea. Mas, infelizmente, não é bem assim. Na loja virtual, assim como qualquer outro negócio, não existe uma fórmula mágica que vai fazer seu negócio crescer de um dia para o outro. 

E depois que a ideia saiu do papel e você começou suas primeiras vendas, o que fazer? Detalhei 5 estratégias que, feitas com muito empenho, vão te trazer ótimos resultados. São elas:

Marketing de influência

Sim, o marketing de influência pode ser aplicado para qualquer negócio, seja pequeno, médio ou grande. A sacada dessa estratégia é saber quem são suas personas e, principalmente, quem conversa com elas.

Às vezes a influencer, por exemplo, de 3 milhões de seguidores, não conversa com seu público-alvo. Então você não vai investir tempo e nem dinheiro em determinadas pessoas.

Se você tem um negócio pequeno e não tem como arcar com o custo de parcerias com influenciadores, busque micro ou nano influencer que aceite permutas, produtos, almoços, enfim.

Além disso, você pode usar amigos que têm um público considerável, fechar parcerias com outras organizações ou especialista do mesmo setor. Mandar seu produto para atrizes, artistas, apresentadores… Enfim, existem inúmeras possibilidades além do mundo “influencer e youtuber”. 

Por último, mas não menos importante, faça CONTRATOS! Sim, faça contratos para suas parcerias, com prazo, valores, multas, entregáveis etc. Deixe tudo documentado, pois será mais fácil para todas as partes envolvidas. 

Frete grátis, frete fixo

Aqui, vai depender muito do seu fluxo de caixa, das regiões para as quais você vende, dos produtos, ticket médio etc. Lembre-se: não é porque o concorrente está fazendo que você também vai fazer. 

Mexer com frete é coisa séria e precisa de muito planejamento para no final seu negócio não sair no prejuízo. Talvez você não consiga conceder frete grátis, mas pode tentar o frete fixo. Caso ainda seja inviável, basta você elaborar outras formas de estratégia.

Exemplo, descontos progressivos, cashback, programas de fidelidade, entre outras modalidades. Tudo isso serve para fidelizar o cliente. Veja qual opção se encaixa melhor no seu modelo de negócio e invista tempo e dinheiro sem medo. 

Para o cliente voltar, a loja/empresa precisa saber se reinventar e inovar. Do contrário será só mais um e-commerce no meio de tantos outros. 

Desconto progressivo

Desconto, eis a palavra que atrai qualquer consumidor — ou praticamente a sua maioria. Para os compradores o desconto é atrativo aos olhos e ao bolso. Ainda mais porque estamos em meio à uma crise financeira e sanitária. 

Os descontos e promoções, assim como o frete grátis, são uma mega moeda de troca em relação ao cliente. Porém, vale ressaltar que isso também afeta o seu fluxo de caixa. Ou seja, você não vai receber o lucro daquele produto integralmente devido ao desconto. 

Uma boa estratégia é, antes de oferecer ao cliente o desconto, veja previamente com seu fornecedor se você consegue um desconto ou flexibilidade na hora da compra desse produto ou matéria-prima. Dessa forma, quando repassar ao cliente com desconto, você não terá gargalos ou imprevistos. 

Conteúdo

O conteúdo deve ser convidativo, criativo. Postagens com interações como enquetes, por exemplo, são fundamentais para engajar a sua base. 

E não só isso: ao engajar seus clientes e criar relacionamento, eles ajudam a crescer sua marca — seja no marketing boca a boca e marcações em redes sociais, ou respondendo suas perguntas nos canais de comunicação.

É como dizem: no século XXI, conteúdo é REI! Com tantas novas lojas online, que migraram devido à pandemia, quem não tem conteúdo infelizmente não vai se destacar. Por isso, invista tempo e dinheiro nessa frente. É um investimento a longo prazo, mas que vale muito à pena. 

Fidelização

Gerar cartões de fidelização, especiais para aniversariantes, programas de pontos ou cashback cria um elo maior com o consumidor e o deixa mais fascinado e encantado com a marca. 

Além disso, faz com que ele volte à sua loja. Afinal, é o que toda marca quer! Você pode fazer a tão sonhada fidelização com cartões, pontos, coleções novas, descontos, fretes, relacionamento… 

Fidelizar um cliente leva tempo, afinal, cada um é um ser individual. Portanto, lembre-se: a motivação das pessoas é pessoal e singular. Sendo assim, não se precipite. Antes de criar grandes planos e campanhas, teste sua base, sua ideia, sua teoria. 

Faça pesquisas e enquetes com seus clientes. E, quando for lançar um novo programa, certifique-se de que ele funciona com uma pequena parcela do seu público antes de divulgá-lo para todos.

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.