Projeto mantido por:

Quais as tendências do e-commerce em 2022 e como saber o que o seu público está buscando?

By Murilo Costa Wednesday, 12 de January de 2022   Read time: 7 minutes

Hoje, é mais fácil do que nunca fazer compras online com apenas alguns toques no celular e a pandemia impulsionou o crescimento do comércio eletrônico para os patamares nunca vistos antes.

As compras pela internet têm uma receita projetada em 5.02 bilhões de dólares para 2022, de acordo com levantamento realizado pelo Statista Research Department. E, paralelamente, as lojas físicas não deixam de fazer a parte delas, dando suporte aos consumidores que querem ter a conveniência de um espaço físico.

Mas não podemos negar que atualmente, grande parte da atenção está voltada para o digital. Lojas 24h, onde os clientes podem encomendar os produtos a qualquer momento se tornou o novo normal. E, principalmente, quando a entrega é rápida. Anote aí, este é um dos fatores que faz a diferença e traz o quase imediatismo de uma loja física onde o comprador já pode sair com o produto adquirido.

Porém, com tanta inovação, onde seria interessante investir os esforços e traduzir em resultados? É interessante ter em mente que apenas uma estratégia não vai fazer com que o seu negócio dispare entre os concorrentes no mercado. Mas acho que posso ajudar com algumas ideias e tendências para 2022.

Uma das maiores tendências será a venda por mídia social 

Você já deve ter rolado o seu feed no Instagram e visto o post de alguma loja que, quando você clica, aparece uma tag com o preço daquele produto em questão, e um link que te leva diretamente ao check-out. Te garanto: você verá isso cada vez mais.

A praticidade de ver um produto e como ele funciona, podendo comprá-lo no mesmo momento, é algo que deve ser intensificado para 2022, onde a rapidez do serviço será um dos pontos mais cruciais para a venda online. Com esse link já na foto que passa na tela do cliente, a jornada do consumidor é reduzida e venda acontece mais facilmente, porque se reduz o trabalho para levar o consumidor até o objetivo final, que é a conversão.

Sim, é pular aquele “clique no link na bio/ nos stories” para: clique diretamente no seu produto preferido e adquira agora mesmo.

As compras ao vivo serão cada vez mais frequentes

As compras ao vivo são uma mistura de comércio com streaming ao vivo. Os influenciadores e marcas realizam uma transmissão ao vivo para destacar produtos e serviços. Durante a transmissão, os consumidores podem interagir entre si e com a marca, por meio de um chatbox e comprar os produtos em destaque. A experiência é semelhante a do cliente comprando em uma loja, com os funcionários respondendo às suas perguntas ao vivo, influenciadores provando aquela peça de roupa, por exemplo, mas com o diferencial de ser no conforto da sua casa.

As compras online ao vivo são muito populares na China, atualmente, e começaram a ser utilizadas nos Estados Unidos. Em 2020, o relatório do Global Shopping Festival revelou que as vendas da transmissão ao vivo foram de 6 bilhões de dólares. E a mesma pesquisa prevê que, em 2022, o comércio ao vivo na China chegará a 446 bilhões de dólares. Isso representaria 15% do total das vendas no e-commerce. Então, já entendeu, não é? 2022 é o momento de apostar.

A importância de compreender o seu público é cada vez maior

Saber exatamente quem é o seu público se tornou um fator fundamental para as empresas que desejam vender cada vez mais e disparar como referência no mercado. Compreender o nicho e os hábitos desse grupo possibilita que cada área do seu negócio trabalhe pensando em como satisfazer as necessidades do cliente que realmente investe na sua empresa e, assim, melhorar sua experiência.

Existem várias alavancas para ficar de olho em 2022. E, novas tecnologias, tais como o customer data management, são desenvolvidas para garantir que a sua empresa entenda com quem está falando, quais são as suas preferências, qual o canal de comunicação mais adequado, quais os acordos para o engajamento e tudo isso, de forma consentida e transparente.

Importante realmente ouvir como o cliente quer interagir com a sua marca, afinal ele é o titular do dado, que precisa confiar na sua empresa antes de sair contando quais são as suas preferências, desejos e combinados para interações futuras, somente assim, com um acordo transparente entre as partes, é que as empresas conseguirão deixar a jornada dos clientes mais tranquila e intuitiva. As compras hiper-personalizadas são o futuro, mas pra chegar lá, as empresas precisam primeiro compreender o cliente.

Fique à frente da curva, implementando essas estratégias para conseguir se destacar no mercado e, aos poucos, tornar a sua empresa uma referência para as atuais e futuras gerações.

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Leave your comment

0 comments

Comments

Your email address will not be published.

Commenting as Anonymous

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER