Logo E-Commerce Brasil

Mercado europeu oferece novas oportunidades para comércio eletrônico da China

Por: Alice Wakai

Jornalista, atuou como repórter no interior de São Paulo, redatora na Wirecard, editora do Portal E-Commerce Brasil e copywriter na HostGator. Atualmente é Analista de Marketing Sênior na B2W Marketplace.

Países europeus, incluindo França, Itália e Espanha, estão comprando mais produtos dos varejistas chineses na internet.

Em um relatório publicado no domingo, o eBay revelou que os vendedores chineses dele registraram crescimento médio anual de 300% nas vendas para França, Itália e Espanha durante os últimos três anos.

Os fatores de marketing, logística e idioma não são mais uma barreira para as vendas, e muitos vendedores chineses estão prestando mais atenção ao mercado europeu, segundo Zhou Haiying, diretor do departamento de comércio internacional do eBay para a parte continental da China.

Os compradores europeus são especialmente interessados nos produtos eletrônicos de comunicação, vestuário, decoração, computadores e instrumentos industriais fabricados na China.

<p>Segundo o relatório, o número de varejistas chineses no eBay que vendem para França, Itália e Espanha aumentou 45% de julho de 2015 a junho de 2016, e a quantidade de produtos, 65%.

Há 259 milhões de compradores online entre os 530 milhões de internautas na Europa. O mercado do comércio eletrônico de B2C na Europa é avaliado em 625 bilhões de euros no final de 2016, segundo o Ecommerce Europe.

Fonte: Xinhua