Logo E-Commerce Brasil

Avaliações positivas são essenciais na conquista de novos clientes para o setor de restaurantes

Por: Helena Canhoni

Jornalista

Bacharel em Comunicação Social pela ESPM. Experiência em tráfego pago, cobertura de eventos, planejamento de marketing e mídias sociais.

Mesa de jantar arrumada, restaurante
Imagem: reprodução

Em estudo recente da PYMNTS, 46% dos frequentadores de restaurantes afirmam ser mais provável advogarem por um lugar após lerem resenhas positivas online. Ao mesmo tempo, 29% declararam que provavelmente ou muito provavelmente evitariam um local caso houvesse avaliações negativas. 

O relatório contou com a participação de, aproximadamente, 2.300 respondentes e visava compreender como os consumidores engajam digitalmente durante uma refeição fora de casa. 

Dentre as respostas coletadas, apesar da existência de plataformas para avaliação como OpenTable e TripAdvisor, as preferências dos consumidores ficam com: Google (62%), Facebook (52%), YouTube (46%) ou Instagram (39%), antes de escolherem um restaurante.

Atualmente, em função do mercado digital, cada consumidor possui o poder de avaliar, positivamente ou negativamente, um local. Uma média de 39% dos entrevistados revela que deixariam resenhas positivas após uma experiência agradável, enquanto 22% afirma que avaliaria negativamente experiências abaixo da média. 

Segundo a pesquisa, os consumidores são nove vezes mais prováveis de compartilhar experiências positivas e não negativas. 81% dos entrevistados disse que recentemente compartilhou uma resenha positiva, somente 9% escreveram avaliações negativas. 

Avaliações geracionais

Avaliações dos consumidores,<a id= dividas por gerações" class="wp-image-171999" srcset="https://static.ecommercebrasil.com.br/wp-content/uploads/2024/03/89-avaliacoes-de-restaurantes.jpg.webp 936w, https://static.ecommercebrasil.com.br/wp-content/uploads/2024/03/89-avaliacoes-de-restaurantes-768x418.jpg 768w" sizes="(max-width: 936px) 100vw, 936px" />
Imagem: reprodução

Os millennials aparecem como os melhores embaixadores para as marcas, já que, de acordo com o estudo, são mais propensos a postarem avaliações de restaurantes. Cerca de 40% dos respondentes afirmaram que fizeram, no último mês, uma avaliação; e 87% dizem que a resenha foi positiva. 

Por outro lado, a geração Z aparece como uma das mais difíceis de agradar. Aproximadamente 15% declararam que compartilhariam uma avaliação negativa após uma experiência ruim. Vale ressaltar que os consumidores dessa geração mais frequentemente confiam nas avaliações online. 

No caso da geração dos boomers, a semelhança é similar quando se trata de avaliar negativamente uma experiência, com 13% dizendo que fariam postagens negativas sobre a vivência. 

Para conhecer mais sobre as oportunidades da categoria e ouvir conteúdos exclusivos participe do Congresso Grocery & Drinks no Hotel Unique (SP), dia 12/03. 

Fonte: PYMNTS