Projeto mantido por:

SEO para e-commerce B2B: faça seu cliente te encontrar no Google!

por Rodrigo Martucci Quarta-feira, 22 de dezembro de 2021   Tempo de leitura: 5 minutos

O valor do SEO para e-commerce B2B é difícil de enxergar no começo, quando você ainda está dando os primeiros passos na estratégia. Isso porque os resultados positivos da otimização para mecanismos de pesquisa (o Google, no caso) chegam apenas no médio e longo prazo, mas quando dão frutos trazem consigo aumento de receita e de visitantes, tudo sem custo por clique.

Neste artigo, eu te conto como aplicar as técnicas de SEO para ranquear no Google e como construir uma estratégia de palavras-chave e de conteúdos relevantes para seu público e seu nicho.

Segredos do SEO para e-commerce

As pessoas, seja o dono de uma loja de calçados ou o gestor de um hospital, resolvem seus problemas fazendo buscas no Google. Para que as soluções da sua empresa apareçam como resposta, você precisa de presença online, o que significa ter estratégias de marketing digital, conversão e conteúdo.

Marcas B2B precisam prestar bastante atenção ao traçar suas estratégias de SEO, pois, diferentemente do consumidor de uma empresa B2C, o cliente B2B é mais informado sobre os detalhes do produto ou serviço. Ele quer acessar dados específicos sobre os recursos e tem interesse em saber seu histórico e com quem você já trabalhou.

Ter essa informação sobre o perfil do seu público vai te ajudar a selecionar as palavras-chaves que os seus potenciais consumidores estão buscando no Google. É só a partir desse entendimento que as suas estratégias de SEO vão engrenar.

Se o seu e-commerce B2B começou há pouco tempo e ainda não tem autoridade na internet, a melhor saída é adotar palavras-chave de cauda longa, que são específicas, menos concorridas e, portanto, mais fáceis de ranquear o seu site.

Exemplos de palavras-chave de cauda longa são: mesas para escritórios de ambientes abertos, como calcular alíquota de ICMS interestadual, fornecedor de caixas de papelão para e-commerce na zona norte de São Paulo.

Existem ferramentas específicas para a procura de palavras-chave, entre as quais o próprio planejador do Google Ads, Semrush, Ahrefs e Ubersuggest.

Além de entender a sua persona e os termos que ela utiliza para consultas online, você deve saber “vender” o seu produto ou serviço e comunicar seus benefícios para convencer o público de que ele é a opção certa. No mercado B2B, a credibilidade da empresa conta muito, por isso a dica é investir em provas sociais, com testemunhos de clientes, para serem exibidas no site.

Se tem algo que o Google adora é conteúdo! Seja em formato de texto, imagem ou vídeo, seu e-commerce deve ter espaço para informar e ajudar as pessoas a fazerem boas escolhas. Você pode investir em materiais de valor para captar leads, construir um blog para gerar autoridade para o domínio da sua loja e fazer ótimas descrições de produtos para que as páginas apareçam bem ranqueadas nos resultados de pesquisa e gerem vendas.

Não se esqueça dos aspectos técnicos do site, que incluem design responsivo, tempo de carregamento das páginas, arquitetura do site e tamanho e dimensão de imagens.

Feita da maneira certa, a otimização do seu e-commerce B2B para SEO vai colocar seu site em destaque nos resultados de pesquisa. Invista nessa estratégia para ter uma classificação melhor e gerar mais clientes em potencial!

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER