Os marketplaces de nicho estão em evidência

por Sidney Zynger Segunda-feira, 28 de setembro de 2020   Tempo de leitura: 5 minutos

Em um tempo que se fala de compras pela internet, empreendimentos digitais e experiência do consumidor no e-commerce, a variação do mercado e as inovações também acabam aparecendo nesse âmbito. Os marketplaces de nicho não são exatamente algo recente, mas ganham cada vez mais força e notoriedade. Digo tanto para os sellers que desejam segmentar suas vendas, quanto para o consumidor que reconhece ali um caminho certeiro para encontrar o produto que deseja.

Para entender, existem marketplaces abrangentes, que têm por vantagem dar a opção ao consumidor de comprar um eletrodoméstico e uma roupa no mesmo canal. Entretanto, existem também os marketplaces segmentados, como por exemplo de moda, esportes, pet, eletrônicos, livros, entre outros.

Principalmente para quem trabalha com produtos específicos de uma área, mostrar-se para o cliente em uma vitrine de nicho é interessante para ganhar clientes novos e que conhecem mais a fundo a área de compra.

Estratégia segmentada

Quando o lojista opta por vender em marketplaces, ele passa por uma escolha de quais canais irá vender seu produto — e estuda onde seu público pode estar inserido. Marcar presença em diversos canais é um modo de ir ao encontro do consumidor. Dentre estes canais, os marketplaces nichados ganham cada vez mais força. Eles permitem melhor exposição dos produtos ao cliente e aumentam as possibilidades de venda. O conceito de nicho é uma porção específica de um mercado, com necessidades e hábitos específicos com consumidores exigentes que estão em busca de produtos determinados.

Estar em canais de nicho é uma forma inteligente para ir ao encontro do consumidor com mais facilidade e assertividade. Afinal, o consumidor do marketplace de nicho sabe as especificações do produto que precisa e as chances de finalizar a compra são maiores.

Uma dica importante para o lojista se dar bem nessa estratégia é verificar quais plataformas atendem de maneira adequada o nicho do seu público. Definido isso, é importante entender que a categorização desses canais deve ser bem específica para o seu produto, facilitando a pesquisa do cliente. Também vale atentar ao ticket médio de cada canal para entender o público e verificar a possibilidade de vendas.

O mercado brasileiro em expansão

No Brasil, os mercados segmentados movimentam cifras altas e são uma fatia representativa no e-commerce. Isso também encoraja o surgimento de novos players, que aliados a ferramentas de gestão, facilitam os processos e otimizam as vendas. O lojista que busca um marketplace de nicho, por vezes, dispõe de um produto mais específico e que pode encontrar compradores que buscam volume maior de itens. Por isso a necessidade de ter bom gerenciamento de estoque.

A expansão da tecnologia mobile também é um impulsionador de compras online, onde o cliente em alguns cliques encontra o produto desejado. Neste caso, os marketplaces de nicho se tornam um caminho seguro para o consumidor.

A maioria dos marketplaces tem por objetivo a venda B2C, ou seja, do lojista direto ao consumidor final. Em alguns casos de marketplaces de nicho eles também acabam sendo caminho para venda ao fabricante ou distribuidor.

Vantagens de vender em marketplaces:

Integração entre o sistema de gestão e os canais de venda permitem ao lojista administrar o seu negócio de forma simples e descomplicada. A plataforma oferece toda a estrutura necessária para facilitar a gestão de vendas e aumentar a performance do seu negócio. Também é importante para a emissão de notas fiscais, boletos bancários e controle de estoque em uma única plataforma de forma prática.

O baixo investimento para iniciar as vendas também é um fator positivo. Como a estrutura do site já está pronta, você não precisa se preocupar com a criação do seu e-commerce, hospedagem e divulgação.

Visibilidade do seu negócio para ganhar notoriedade pelo consumidor quando inserido em canais de venda. A integração com marketplaces ajuda no crescimento do seu negócio, pois é possível atingir um público diversificado e diferentes nichos de mercado. O lojista não precisa realizar grandes investimentos em divulgação. Afinal, o tráfego desses canais com a sua relevância por meio dos mecanismos de buscas auxiliam a aumentar a visibilidade de sua loja.

Estude o seu público e entenda quais canais ele está inserido. Os marketplaces segmentados são uma oportunidade importante para ir ao encontro do seu consumidor.

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.