Logo E-Commerce Brasil

O futuro do e-commerce em 2024: tendências de ESG moldando o cenário

Por: André Santos

Consultor de Projetos Digitais - gestão, visão e estratégia 360°de <nowrap>e-commerce</nowrap>, omnichannel, logística, SAC, meios de pagamentos, performance, ERP, front e back end. Especialista em marketplaces e ferramentas de otimização de projetos digitais B2B, B2C e D2C. Professor de <nowrap>e-commerce</nowrap>, plataformas e cadastro de produtos na ComSchool.

O comércio eletrônico, uma revolução na forma como compramos e vendemos produtos e serviços, tem visto um crescimento constante nas últimas décadas. Com o advento da pandemia de Covid-19, essa tendência acelerou de forma impressionante, à medida que o mundo se adaptou à nova normalidade do distanciamento social.

Veja como o cenário do e-commerce evoluirá até 2024, destacando as tendências de ESG que impulsionarão essa evolução.

Em um cenário em que o e-commerce se torna cada vez mais onipresente, as tendências de ESG (Ambiental, Social e Governança) desempenham um papel crucial, não apenas moldando o comportamento do consumidor, mas também direcionando o curso das empresas. Neste artigo, vamos explorar em detalhes como o cenário do e-commerce evoluirá até 2024, destacando as tendências de ESG que impulsionarão essa evolução.

Crescimento exponencial do e-commerce: uma análise aprofundada

O e-commerce tem sido um setor de crescimento impressionante ao longo dos anos, com projeções igualmente promissoras para o futuro próximo. A pandemia de Covid-19 não apenas acelerou sua adoção, mas também provocou uma expansão substancial das operações das empresas de comércio eletrônico. Isso incluiu investimentos significativos em tecnologia e infraestrutura para atender à crescente demanda dos consumidores por conveniência e eficiência nas compras online.

1. Acesso global à internet

Até 2024, é esperado que o acesso global à internet continue a se expandir, ampliando o alcance do e-commerce. Novas infraestruturas e tecnologias, como a implementação de redes 5G, proporcionarão uma experiência de compra mais rápida e eficiente, aproximando ainda mais as pessoas do comércio eletrônico.

2. Inovação tecnológica

A inovação tecnológica continuará a ser um dos principais impulsionadores do crescimento do e-commerce. Integrações de realidade virtual e aumentada, assistentes de compras baseados em IA, chatbots e análises avançadas permitirão experiências de compra personalizadas e eficientes.

3. Expansão de ofertas de produtos e serviços

A gama de produtos e serviços disponíveis no e-commerce continuará a crescer, abrangendo desde produtos tradicionais até soluções mais especializadas. Setores como saúde, educação e até mesmo experiências de entretenimento online verão um aumento notável na oferta e na demanda.

Tendências de ESG no e-commerce: um exame detalhado

As tendências de ESG estão cada vez mais no centro das atenções das empresas, com o e-commerce não sendo uma exceção. Entender como essas tendências se manifestam no contexto do setor é essencial para prever o cenário em 2024.

Ambiental (E)

1. Sustentabilidade e eficiência energética
Reduzir o impacto ambiental tornou-se uma prioridade para as empresas de e-commerce. Isso inclui a redução do uso de plástico nas embalagens, a otimização da logística para minimizar emissões de carbono e o investimento em fontes de energia renovável para alimentar os centros de distribuição.

2. Logística verde
A entrega de última milha, uma das partes mais críticas da cadeia de suprimentos do e-commerce, está passando por uma transformação verde. O uso de veículos elétricos e a otimização de rotas estão se tornando a norma, reduzindo significativamente a pegada de carbono do setor.

Social (S)

1. Diversidade e inclusão
Empresas de e-commerce estão comprometidas em promover locais de trabalho mais diversos e inclusivos, refletindo uma força de trabalho que espelha a diversidade de seus clientes. Além disso, as empresas estão cada vez mais atentas a questões como equidade salarial e oportunidades de crescimento para todos os funcionários, independentemente de sua origem.

2. Responsabilidade do produto
A responsabilidade do produto é uma preocupação crescente no e-commerce. Isso inclui garantir a segurança dos produtos vendidos, a procedência ética dos produtos e práticas justas de produção, especialmente na cadeia de suprimentos.

Governança (G)

1. Transparência e ética
A transparência e a ética são fundamentais na governança corporativa. As empresas estão focando em tomar decisões éticas, divulgar informações relevantes e manter práticas de governança responsáveis, o que contribui para a confiança dos investidores e dos consumidores.

2. Compliance legal
O cumprimento de leis e regulamentos é um elemento crítico para a governança eficaz no e-commerce. Empresas devem estar atentas às normas locais, regionais e globais que regulam suas operações.

Impacto previsto das tendências de ESG no e-commerce até 2024

À medida que avançamos em direção a 2024, as tendências de ESG terão um impacto cada vez mais substancial no cenário do e-commerce. Aqui estão algumas previsões mais detalhadas:

1. Maior foco na sustentabilidade

Empresas de e-commerce continuarão a adotar práticas sustentáveis em todas as áreas, desde embalagens ecologicamente corretas até programas de reciclagem e medidas de eficiência energética em suas instalações. Além disso, a tendência de “consumo consciente” incentivará os consumidores a escolher produtos e serviços de empresas comprometidas com a sustentabilidade.

2. Diversidade e inclusão no centro das organizações

A diversidade e a inclusão não serão apenas consideradas como uma responsabilidade social, mas como uma vantagem competitiva. As empresas que adotam políticas de diversidade e inclusão terão uma equipe de funcionários mais criativa e eficaz, o que se traduzirá em melhores produtos e serviços.

3. Transparência e ética na tomada de decisões

A transparência e a ética na tomada de decisões serão valores fundamentais no e-commerce. Isso inclui fornecer informações claras sobre a procedência dos produtos, práticas de produção éticas e políticas de privacidade detalhadas. As empresas que não aderirem a esses princípios enfrentarão desafios significativos de reputação e aceitação pelos consumidores.

4. Tecnologia para o bem e impacto positivo

A tecnologia, especialmente a inteligência artificial e a análise de dados, será usada para rastrear e melhorar o desempenho ambiental e social das empresas. Algoritmos de IA serão aplicados para otimizar a logística, melhorar a personalização de produtos e serviços e prever tendências de mercado.

5. Consumidores como defensores da mudança

Os consumidores se tornarão ainda mais conscientes das questões de ESG e usarão seu poder de compra para apoiar empresas que compartilham seus valores. Isso colocará uma pressão significativa sobre as empresas de e-commerce para se alinharem com as tendências de ESG.

Preparando-se para um futuro sustentável e ético no e-commerce

O cenário do e-commerce em 2024 será caracterizado por um crescimento contínuo, sustentável e impulsionado pela tecnologia, com as tendências de ESG desempenhando um papel central.

Empresas que adotarem práticas sustentáveis, promoverem a diversidade e a inclusão, e demonstrarem transparência e ética em suas operações estarão bem posicionadas para prosperar.

A transição para um futuro mais sustentável e ético no e-commerce não é apenas uma opção, mas uma necessidade para atender às demandas dos consumidores e garantir um sucesso duradouro no mercado global. Assim, o e-commerce em 2024 será um campo não apenas de expansão, mas também de transformação positiva em direção a um mundo mais consciente das questões de ESG.