Gamificação do e-commerce vale a pena?

por Tiago Moraes Terça-feira, 17 de agosto de 2021   Tempo de leitura: 4 minutos

Gamificação do e-commerce é a aplicação de princípios lúdicos, tais como competição, desafios e recompensas ao ambiente de uma loja virtual. Trata-se do uso de técnicas que visam sobretudo melhorar a interação de uma interface de vendas com o público de consumidores.

De acordo com estudo da Ask Your Target Market citado pela Aytm, 48% das pessoas dizem gostar quando os sites e apps permitem que os clientes ganhem pontos ao fazerem compras. Além disso, 38% gostam quando podem ganhar pontos fazendo outras atividades em um site.

Assim, a gamificação pode incluir, por exemplo, um sistema de pontuação e de premiação para quem realiza determinadas ações dentro da loja como compartilhar um conteúdo, comprar um produto, realizar uma avaliação, entre outras coisas.

Com efeito, o ato de ir às compras online se torna uma brincadeira. O consumidor, quando se envolve, não consegue mais distinguir se está comprando ou se divertindo. Ele, na verdade, está fazendo as duas coisas ao mesmo tempo. E as vantagens disso você confere logo adiante.

Vantagens da gamificação do e-commerce

A gamificação do e-commerce pode gerar:

1 – Aumento no tráfego:

Logo depois de aplicar técnicas de gamificação em um aplicativo, o conglomerado de mídia de massa dos EUA, NBC Universal, experimentou um crescimento de 30% no tráfego de seu site, 40% na audiência e 47% nas vendas de produtos online, segundo o Softengi.

2 – Retenção de clientes

Jogos são viciantes e, por isso, costumam reter as pessoas. E, no e-commerce, um aumento de apenas 5% na retenção de clientes pode ampliar as receitas em algo em torno de 25% a 95%, segundo a Harvard Business School citada pelo New Gen Apps.

3 – Interações online

De acordo com pesquisas citadas pela Deloitte, empresas de mídia e conteúdo alcançaram um aumento de 30% a 40% nas interações online com clientes após aplicarem técnicas de gamificação. Ou seja, além de reter, a gamificação também gera mais engajamento.

4 – Aumento da conversão de vendas

Em dado momento de sua história, a loja virtual de flores Teflora passou a pontuar as ações dos consumidores e a lhes oferecer emblemas que os destacam como influenciadores. Como resultado desse programa de gamificação, a taxa de conversão melhorou 92%, conforme a Econsultancy.

5 – Melhoria do Brand Awareness

A gamificação permite fazer com que as pessoas falem sobre e indiquem a sua marca, o que melhora o Brand Awareness (consciência de marca). Por exemplo, segundo a Econsultancy, o e-commerce Step2 obteve aumento de 135% no tráfego de referência do Facebook com estratégia de gamificação.

Além disso, você também pode usar a gamificação para educar os seus leads para as compras. Isto é, é possível criar um sistema de pontuação e premiação para quem lê mais artigos do seu blog ou vê mais vídeos no seu canal, por exemplo. Logo, isso é perfeito para entrelaçar com as suas campanhas de nutrição de leads e de Inbound Marketing.

Como gamificar o seu e-commerce?

O primeiro passo para gamificar o seu e-commerce é alugar uma plataforma de gamificação e integra-la à sua plataforma e-commerce via API. Feito isso, você pode começar a transformar o seu comércio eletrônico em um jogo onde interagir e comprar podem se tornar um vício para os consumidores.

Para tanto, use princípios de mecânica de jogos como:

  • Desafios, missões e objetivos;
  • Regras claras;
  • Competições;
  • Recompensas como medalhas, prêmios e pontos;
  • Placares e rankings;
  • Níveis, barras de progresso e caminhos de evolução;
  • Conexão social para compartilhamento de resultados;
  • Estímulos sensoriais como gráficos e recursos audiovisuais;
  • Mistério;
  • Controle;
  • Personalização.

Faça, por exemplo, com que os consumidores ganhem pontos ao comentarem um produto que compraram ou ao compartilharem uma de suas páginas de vendas ou citarem a sua marca no Facebook. Aí, então, eles poderão trocar pontos por cashback, moedas virtuais ou por cupons de desconto e frete grátis.

Para a gamificação o seu e-commerce, conceda medalhas, elabore placares e rankings para estimular a competição entre os consumidores. Dê prêmios para quem completa os níveis e progride dentro do jogo na sua loja virtual. Em outras palavras, transforme o seu e-commerce em um “fliperama das vendas”, ou seja, em uma máquina onde brincar e comprar são uma coisa só.

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER