Como a conciliação financeira previne perdas em seu e-commerce?

por Giulia Fischer Terça-feira, 06 de abril de 2021   Tempo de leitura: 3 minutos

Após o início da pandemia no Brasil, as empresas se viram obrigadas a migrar suas operações para o ambiente online. Com o isolamento social, essa passou a ser a única maneira de conectar o lojista ao comprador de forma prática, segura e confortável.

Agora, mais do que nunca, o consumidor está mais exigente em relação ao que adquire online. Ele pesquisa ainda mais antes de realizar a compra e, devido ao aumento da procura, o e-commerce brasileiro cresceu cerca de 47% em abril de 2020.

Portanto, muitos lojistas que iniciaram suas operações recentemente e estão começando a entender como é a gestão de um e-commerce podem não saber ainda da importância do processo de conciliação.

Qual a importância da conciliação?

Uma das principais preocupações do lojista que atua como e-commerce é saber se está recebendo corretamente as informações de vendas dos marketplaces em que está inserido.

Os profissionais que possuem um pouco mais de experiência nesse âmbito sabem que cada marketplace opera com suas particularidades. Se o lojista não ficar atento a elas, portanto, pode comprometer seu financeiro e, eventualmente, seu negócio.

Atualmente, muitas empresas ainda não realizam a conciliação de suas vendas. Porém, é fato que esse processo é essencial para quem atua como e-commerce. Um gestor ou empreendedor sabe da importância de controlar o financeiro de uma empresa, e sabe também que essa prática é de extrema importância para aqueles que atuam em um número considerável de marketplaces.

Como essa prática evita perdas?

Como exatamente a conciliação financeira ajuda um e-commerce? A conciliação financeira nada mais é do que a checagem de dados de vendas derivados de marketplaces, e é através dessa checagem que o lojista tem a visualização do seu recebimento, e se ele está de acordo com o esperado.

Também é possível identificar eventuais problemas ou incoerências nestes dados, antes que tais possam gerar um dano financeiro considerável pela empresa.

Em prática, a conciliação ajuda a empresa a manter um controle interno através da checagem de todas as suas informações de venda, ou seja, juros, taxas, chargebacks, repasses, e tudo que, sem esse processo, pode prejudicar o negócio de maneira considerável.

O lojista também vai manter o controle de datas de recebimentos e repasses, de valores de taxas e juros, comissão, e todos os outros detalhes dos marketplaces em que atua.

E além disso, a conciliação também auxilia na elaboração de estratégias baseadas em informações concretas, o que faz com que a empresa foque em alcançar resultados cada vez melhores e estabelecer metas planejadas de acordo com o seu crescimento.

Portanto, as empresas que iniciaram suas operações no meio online recentemente, devem ficar atentas a cada detalhe de suas operações e procurar maneiras de investir na implementação da conciliação financeira em seu planejamento do dia a dia. Assim, será possível controlar a saúde financeira da empresa, assegurando uma acurácia maior em seus investimentos, estratégias e lucros.

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.