Projeto mantido por:

Como oferecer um ambiente seguro aos clientes?

por Alan Chusid Quinta-feira, 19 de maio de 2022   Tempo de leitura: 5 minutos

Em um mercado tão movimentado como o do e-commerce, seria utópico imaginar que a tecnologia faria com que as lojas virtuais fossem livres de problemas com segurança e fraudes. Na verdade, a raiz das principais questões é bem mais complexa do que podemos citar aqui. Afinal, estamos falando também de problemas estruturais da Internet, como a engenharia social.

Mas trazendo mais próximo da nossa realidade: aceitar que a era da transformação digital já chegou se torna ainda mais necessário para progredir na experiência com o cliente e evitar problemas recorrentes. No caso do varejo online, as medidas de segurança são essenciais, e o investimento em sistemas de pagamentos de qualidade, indispensáveis.

No varejo online, as medidas de segurança são essenciais, e o investimento em sistemas de pagamentos de qualidade, indispensáveis.

Aumento no número de fraudes

Isso porque os números de tentativas de fraudes estão cada vez mais maiores, obrigando plataformas de pagamentos e lojistas a se unirem para encontrar as melhores soluções. Diante desse cenário, fazer um pagamento seguro, sem fricções ou qualquer outro tipo de transtorno, virou prioridade para o consumidor.

Basta observar o que os dados apontam para entender a importância de estar ainda mais atento. Hoje, são mais de 63% de brasileiros conectados à Internet fazendo compras online, de acordo com um levantamento DPDgroup, o que representa um mercado responsável por 17,9% das vendas totais do varejo no país.

Por onde começar?

Então, por onde começar? Conhecer o público-alvo e o perfil dos clientes é o primeiro e um dos passos fundamentais para melhorar a segurança. Saber para quem você está vendendo, e como essas pessoas preferem realizar seus pagamentos, é o melhor caminho para entender onde e em quais soluções investir.

No mercado, é possível encontrar as mais diversas ferramentas, plataformas de mais alta tecnologia, e os detalhes técnicos vão depender da sua escolha e da preferência do cliente. No entanto, estar por dentro das maiores novidades do setor, e do que é tendência de pagamento no Brasil e no mundo, pode ajudar nesse aspecto.

É importante orientar os clientes

No geral, os consumidores precisam ser digitalmente educados para que a experiência no seu ambiente virtual seja ainda melhor. Apesar de não ser uma tarefa simples, já que o conhecimento da população brasileira como um todo sobre riscos cibernéticos é baixo, de acordo com um estudo global da Oliver Wyman, essa ainda é uma possibilidade que precisa ser levada em consideração.

Por isso, orientar os clientes com conteúdos de qualidade, manter um canal de dúvidas com especialistas sempre aberto e coletar feedbacks sobre suas dificuldades com os meios de pagamento podem ser boas alternativas.

Agora, de nada adianta buscar a maior quantidade de informações possível, traçar estratégias de inteligência, quando não há uma parceria com um especialista no assunto. Trazer mais segurança para os pagamentos no seu e-commerce também significa estar ao lado dos grandes players do mercado, que podem oferecer o know-how e as soluções necessárias para garantir um ambiente virtual seguro.

Podemos contar (e muito!) com as soluções de tecnologia em benefício das vendas, mas, em contrapartida, ainda é preciso olhar atentamente para as dores e particularidades dos nossos clientes e parceiros. Assim, a jornada no varejo online se torna mais simples e funcional para todos os envolvidos.

Leia também: Seis passos importantes para evitar ataques cibernéticos à sua empresa

 

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER