Projeto mantido por:

Picking de produtos: entenda a importância desse sistema para o e-commerce

por Thiago Rocha Soares Segunda-feira, 17 de janeiro de 2022   Tempo de leitura: 6 minutos

Um dos processos de logística mais importantes para quem possui uma loja online com estoque próprio é o Picking, ou seja, um método ágil de coleta e preparação de pedidos que tem como principais objetivos manter as entregas sempre no prazo e com baixo índice de erros.

Nesse artigo te contaremos como fazer do Picking (também conhecido como order picking) um diferencial logístico no dia a dia do seu e-commerce. Para isso, vamos apresentar as diferentes modalidades de picking, para que tipo de estoque cada formato é indicado, além de dicas de como aplicar o sistema na sua loja virtual.

Modelos de Picking

Para começar, é preciso ficar claro que o processo de coleta de produtos não será o mesmo em todos os estoques. Fatores como tamanho da operação e espaço disponível devem ser levados em conta no momento de escolher o tipo de picking certo para cada estrutura de negócio.

Para não errar na hora de definir a técnica que será executada no seu e-commerce, confira os principais tipos de picking e suas aplicações:

Picking Discreto

Modelo onde o mesmo funcionário inicia e conclui o processo de separação de uma encomenda.

O picking discreto é ideal para pequenos lojistas ou quem vende por conta própria. Mas atenção, esse método não é indicado para quem recebe muitos pedidos por dia, uma vez que o processo é bem mais lento que os demais.

Picking por Onda

Nesse sistema, os pedidos são tratados em momentos específicos do dia, sendo o cronograma de trabalho ditado por características como rotas de distribuição e prazos de entrega.

Esse tipo de picking pode ser aplicado praticamente em qualquer tipo de e-commerce e de forma complementar aos demais da nossa lista.

Picking por Zona

Sistema certo para e-commerces que trabalham com estoques de médio e grande porte que armazenam produtos de diferentes segmentos.

No picking por zona as ordens são coletadas em áreas diferentes do depósito, todas separadas por modelo e tipo de item, por exemplo. Essa ordenação logística reduz as chances de erros e dá maior dinamismo a operações mais complexas.

Picking por Lote

Formato de atuação onde as encomendas vão se acumulando até um número pré-determinado. Atingida a meta de pedidos, dá-se início ao processo de picking.

Essa modalidade de preparação de pedidos é indicada apenas para lojas pequenas, tendo maior risco de erros caso a operação seja tocada por apenas uma ou duas pessoas.

Picking by Light

Estratégia de coleta aplicada em armazéns de grande porte, em que painéis luminosos indicam o local e a quantidade de itens que serão recolhidos.

Voice Picking

Essa é outra técnica de picking voltada para varejistas que dispõem de armazéns bem amplos e lotados de produtos.

Nesse formato, os funcionários responsáveis pela preparação recebem as informações necessárias para a coleta por meio de fones de ouvido ou sistemas de som espalhados pelo depósito.

Como aplicar um sistema de picking no e-commerce

Agora que você está por dentro dos diferentes tipos de picking, chegou o momento de conferir algumas dicas para implementar um processo de preparação de pedidos eficiente no depósito da sua loja.

A primeira orientação é que você mantenha o estoque sempre organizado. Isso significa que os produtos devem ser alocados em posições pré-estabelecidas, de fácil acesso e categorizados por marca, modelo, cor ou tipo.

Ou seja, nada de colocar o mesmo produto a cada hora em um lugar diferente. Para facilitar esse processo padronize o recebimento das mercadorias que serão colocadas à venda.

Para isso, digitalize o controle interno do seu depósito registrando os itens repostos, a quantidade recebida e o local de armazenagem. Esse cuidado facilita o trabalho de picking e, ao mesmo tempo, é uma etapa essencial para o controle do giro de estoque do depósito.

Além disso, reduza as distâncias dentro do estoque, colocando os produtos de maior rotatividade em locais de fácil acesso e próximos às áreas de empacotamento. Deixando as prateleiras mais altas ou distantes para itens de menor saída.

Seguindo essas dicas, e utilizando o tipo de picking certo para o tamanho da sua operação, o tempo de trabalho dedicado à preparação de pedidos será reduzido, ao mesmo tempo que o envio de encomendas para o seu cliente se tornará ainda mais rápido.

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER