Como a indústria está vendendo mais online

por Sidney Zynger Quinta-feira, 21 de janeiro de 2021   Tempo de leitura: 4 minutos

O ano de 2020 foi uma prova de que o e-commerce é um formato de compra e venda que vai ganhar cada vez mais espaço. O comércio virtual deixou de ser uma opção, transformando-se em um meio para os negócios continuarem vivos em um ano de restrições de convívio social — o que acabou moldando também novos comportamentos de consumo. Quando as pessoas passam a consumir mais online, o mercado volta seus olhos para o formato. Nesse âmbito, até mesmo as indústrias passaram a explorar de forma mais ampla o e-commerce.

As indústrias encontraram ali um nicho amplo de mercado, seja vendendo nas próprias lojas virtuais ou através de marketplaces. Afinal, há novas oportunidades tanto para novos empreendedores quanto para empresas já consolidadas que precisam se reestruturar no mercado.

Modelos de venda

O modelo de negócio D2C (Direct to Consumer) elimina a barreira entre produtor e consumidor, seja no formato direto ao consumidor. Ou seja, da loja virtual da indústria para o cliente ou por meio de marketplaces.

O e-commerce permite ao empreendedor escolher o modelo de vendas que mais se adequa à sua operação. Quando a venda é através da loja virtual, o negócio deve estar preparado para gerir as vendas, estoque e logística de entrega. Por isso mesmo, uma dica importante é integrar a um ERP que gerencie processos administrativos e logísticos através de um sistema unificado.

Vale estudar a venda por marketplaces para aproveitar a procura afinada e otimização do processo, pagando uma comissão à plataforma.

A indústria se aproximar do consumidor final neste formato é, sem dúvida, um reflexo da transformação digital e aceleração de tendências que vivemos nos últimos anos. Os negócios migraram para o formato online e a indústria também encontrou seu espaço neste ambiente.

Desafios e oportunidades

O grande desafio das indústrias sempre foi conseguir administrar a operação e vendas em um mesmo sistema, a fim de otimizar tempo e ter maior controle sobre a fabricação do produto. Através de um sistema de gestão unificado é possível controlar a produção, estoque e ainda gerenciar as vendas de forma simples. A funcionalidade auxilia no processo de pequenas e médias indústrias chegar a outras pequenas e médias empresas ou clientes finais.

Com a integração entre as plataformas, a venda é facilitada e o empreendedor se preocupa em administrar tudo de forma remota, por um sistema em nuvem. A grande oportunidade é a relação próxima entre o fabricante e o cliente, anulando a participação de agentes intermediários.

Dentro do ERP também é possível gerar uma ordem de produção a partir de pedidos de venda que possuem produtos com composição. De forma automática, os componentes usados como insumo serão registrados como saída de estoque e os produtos produzidos serão contabilizados como entrada no estoque.

Novas formas de comprar e vender

O e-commerce é um campo fértil. Afinal, as iniciativas se multiplicam e o consumidor procura pelos produtos que deseja de forma prática e de qualquer lugar. Para o negócio ganhar proporções, a integração é a palavra-chave. Para tanto, manter a gestão em um sistema ERP faz com que o empreendedor tenha uma visão mais ampla do negócio — e ganhe mais tempo para pensar de forma criativa em estratégias de venda. Produção, estoque, venda, clientes e entregas ficam registrados em um único sistema. Consequentemente, possibilita pensar cada vez mais na experiência do cliente e nas necessidades do mercado.

É possível apostar no e-commerce D2C como estratégia para expansão de vendas na indústria, encontrando nichos de mercado e indo ao encontro do consumidor. Os novos formatos de compra e venda passam sim pelo comércio online e é bom o seu negócio estar preparado.

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER