Redação E-Commerce Brasil

WhatsApp enfrenta problemas conforme usuários da Índia temem por privacidade

Sexta-feira, 15 de janeiro de 2021   Tempo de leitura: 4 minutos

O WhatsApp enfrenta desconfiança global após atualizar a política de privacidade para permitir compartilhamento de alguns dados de usuários com o Facebook e outras empresas do grupo, o que pode frustrar ambições na Índia, seu maior mercado.

Embora o WhatsApp ainda não tenha visto desinstalações em massa de seu aplicativo na Índia, os usuários preocupados com a privacidade estão cada vez mais baixando aplicativos rivais como Signal e Telegram, afirmam empresas de pesquisa, elevando-os nos rankings de download e colocando à frente do rival na Índia pela primeira vez.

A reação na Índia – onde 400 milhões de usuários trocam mais mensagens no WhatsApp do que em qualquer lugar do mundo – forçou o aplicativo a lançar uma blitz publicitária de dezenas de milhões de rúpias esta semana em pelo menos 10 jornais.

“O respeito pela sua privacidade está codificado em nosso DNA”, disse o WhatsApp nos anúncios.

A empresa disse que a atualização de sua política “não afeta a privacidade de suas mensagens com seus amigos e familiares de forma alguma”. O WhatsApp também afirmou que as mudanças na política de privacidade estão relacionadas apenas às interações dos usuários com as empresas.

A campanha na mídia – semelhante a uma que foi veiculada há dois anos quando enfrentava críticas na Índia por não fazer o suficiente para conter a desinformação – ressalta a gravidade da crise para a plataforma de mensagens mais popular do mundo.

O Facebook e o WhatsApp apostaram muito na Índia e qualquer reclamação do usuário pode prejudicar seus planos.

Investimento do WhatsApp na Índia

No ano passado, o Facebook investiu US$ 5,7 bilhões na unidade digital do grupo indiano Reliance – o maior negócio da gigante de mídia social desde a compra de US$ 22 bilhões do WhatsApp, em 2014.

Grande parte do investimento na Índia depende de um projeto de WhatsApp e Reliance para permitir que cerca de 30 milhões de donos de pequenos comércios façam transações digitalmente.

E os pagamentos?

Embora o serviço de pagamento do WhatsApp, aprovado pelo principal processador de pagamentos da Índia no ano passado, não se enquadre na atualização da política de privacidade, qualquer transição considerável dos usuários para outros aplicativos pode significar perder para rivais bem estabelecidos.

Mesmo enquanto o WhatsApp busca acalmar os medos e garantir aos usuários que nem ele nem o Facebook terão acesso às suas mensagens, chamadas ou registros de chamadas, a atualização da política de privacidade desencadeou uma tempestade global com o aumento dos downloads do Signal enquanto as pessoas procuravam aplicativos de mensagem alternativos.

Os downloads do Signal na Índia saltaram para 7,1 milhões entre 5 e 12 de janeiro, de cerca de 15 mil dias antes, segundo a empresa de análise Sensor Tower. Os downloads do Telegram subiram 40%, enquanto os do WhatsApp caíram 30% no período.

Leia também: WhatsApp altera termos de privacidade para chegada de serviço de pagamento

Fonte: 6 Minutos, com Reuters

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.