Redação E-Commerce Brasil

WebJump usa tecnologia headless da Magento em site de KitKat

Quinta-feira, 04 de março de 2021   Tempo de leitura: 4 minutos

Em agosto de 2020 a WebJump recebeu o desafio de criar uma loja eletrônica para aproximar os consumidores de KitKat da marca, trazendo a experiência dos pontos de venda do mundo físico para o ambiente online. Para isso, recorreu à tecnologia frontend headless da Magento Commerce, uma companhia Adobe, e em apenas quatro meses desenvolveu o e-commerce KitKat Chocolatory, com experiências personalizadas.

De acordo com Clayton Barbosa, Squad Leader da WebJump, a tecnologia frontend headless permite a integração entre todos os sistemas e pontas do negócio com APIs. “Como as entregas dos produtos são feitas pela Loggi, a plataforma da Magento precisa estar integrada ao sistema da companhia, para espelhar as informações do status do pedido ao cliente e para que a própria marca possa seguir com as ações de pós-compra”, explica. “O site ainda precisa ser omnichannel, uma vez que os produtos saem do estoque das lojas físicas e há a opção de pickup store”, completa.

Barbosa destaca também que as funcionalidades da Magento são importantes para fazer o cruzamento de informações da região de entrega, por meio do CEP do cliente, a loja física mais próxima e a disponibilidade de estoque dos produtos deste ponto de venda. “Como a KitKat Chocolatory tem entrega expressa em até duas horas e à princípio cobre alguns municípios da cidade de São Paulo, foi necessário criar essa lógica no backend para depois notificar o cliente sobre a disponibilidade ou não do pedido”, esclarece Barbosa.

Outra vantagem que o novo e-commerce trouxe para a marca foi a automatização da operação, já que o único processo manual é o de separação e embalagem do produto na loja física. Todo o restante é 100% digital.

No projeto foram desenvolvidos módulos independentes que podem ser habilitados ou desabilitados pelo admin da plataforma da Magento, sem precisar de um DEV ou que afete outras funções no site. “Se a Nestlé quiser, por exemplo, há a possibilidade de replicar o backend ou módulos para outras marcas atuarem dentro do mesmo sistema da Magento, sem interferências. Trata-se de um fator altamente vantajoso para companhias como a Nestlé, que possuem mais de uma marca ou bandeira”, conclui.

Experiências cada vez mais personalizadas

Para se aproximar ainda mais do cliente, a Patricia Nacamuta, gerente de Marketing da marca, comenta que o novo e-commerce tem produtos que podem ser personalizados pelos próprios consumidores. “Com o fechamento das lojas físicas durante a pandemia, entendemos que o e-commerce é um canal fundamental para a KitKat. Porém, queremos ir além das vendas e levar mais experiências de entretenimento para os clientes”, informa.

O próximo passo da marca será a implementação do próprio clube de benefícios — o Break Society –, que irá oferecer outras experiências de marca para o consumidor, além de descontos em produtos e outras vantagens.

Leia também: Consumidores esperam usar novas tecnologias de pagamento no futuro, diz pesquisa.

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER