Redação E-Commerce Brasil

Walmart brasileiro vai trabalhar apenas com marketplace na internet

Terça-feira, 05 de dezembro de 2017   Tempo de leitura: 2 minutos

O Walmart anunciou, nesta terça-feira (5), que vai deixar de trabalhar com o estoque próprio na internet no Brasil e passará a focar a sua operação de e-commerce no marketplace.

De acordo com a assessoria de imprensa da empresa, será feita uma “integração” entre o varejo físico e eletrônico, com futuras oportunidades no digital. “Esta decisão é parte da estratégia internacional da companhia e irá proporcionar mais agilidade e eficiência ao negócio e trazer mais opções de produtos e serviços aos clientes”, explicou a rede, em nota.

O processo de transição começa agora com algumas ações de integração, que serão lideradas por Paulo Silva (CEO do Walmart.com.br)

Além do foco em marketplace, o Walmart disse que vai manter o foco no projeto de reinvenção dos hipermercados e supermercados no Brasil.

“Estamos transformando o conceito desses formatos desde a planta e layout da loja, sortimento (com mais itens regionais e marcas próprias), equipamentos e serviços oferecidos.”

Os dois projetos somam investimentos estimados de R$ 1,5 bilhão ao longo dos próximos quatro anos.

Veja a nota na íntegra:

“Em mais uma importante etapa do processo de simplificação do negócio e inovação para seus clientes no Brasil, o Walmart decidiu integrar suas operações de varejo físico e comércio eletrônico, que irá concentrar sua atuação online no marketplace e futuras oportunidades no digital. Esta decisão é parte da estratégia internacional da companhia e irá proporcionar mais agilidade e eficiência ao negócio e trazer mais opções de produtos e serviços aos clientes. O processo de transição começa agora com algumas ações de integração, que serão lideradas por Paulo Silva (CEO do Walmart.com.br).

Além da integração do varejo físico e online, o Walmart mantém o foco no projeto de reinvenção dos hipermercados e supermercados no Brasil. Estamos transformando o conceito desses formatos desde a planta e layout da loja, sortimento (com mais itens regionais e marcas próprias), equipamentos e serviços oferecidos. Os dois projetos somam investimentos estimados de R$ 1,5 bilhão ao longo dos próximos quatro anos.”

Deixe seu comentário

4 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

  1. Interessante mesmo, deixar mais de mil Funcionários desempregados, funcionários aqueles que se doaram por anos na empresa para buscar o melhor desempenho para companhia, funcionários que não tiveram final de semana, que abriram mão de estar com a família para entregar a Black Friday, BF essa que foi a melhor de todos os anos no Brasil. Parabéns a todos os envolvidos!

    Responder
  2. Com isso mais de 1600 profissionais dessa grande companhia estarão desempregados entre efetivos e terceiros, pessoas que davam a vida por essa empresa, mães e pais de família que sustentam suas casas e agora vão para a fila dos mais de12 milhões de desempregados no Brasil.

    Responder
Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Leads Qualificados: Dialhost Recrutamento & Seleção: Dialhost Métricas & Analytics: MetricasBoss People Marketing: Dialhost

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.