Redação E-Commerce Brasil

Vendedores Amazon: 47% dos principais estão nos EUA, enquanto 38%, na China

Segunda-feira, 07 de outubro de 2019   Tempo de leitura: 3 minutos

Na Amazon, 47% dos principais vendedores estão nos EUA e 38% na China, de acordo com a análise Marketplace Pulse sobre os principais vendedores cujos endereços comerciais podem ser determinados com segurança. O Brooklyn, em Nova York, hospeda o código postal com a maioria dos vendedores da Amazon nos EUA, enquanto Shenzhen abriga um terço dos vendedores chineses do marketplace.

Os 10.000 vendedores principais na Amazon.com foram considerados porque, como grupo, representam a maioria do mercado GMV (volume bruto de mercadorias). Cada vendedor do grupo tem vendas anuais superiores a US$ 1 milhão. O mercado Amazon.com tem mais de um milhão de vendedores ativos; no entanto, muitos deles vendem apenas alguns produtos por mês.

Endereços movimentados

Entre os vendedores com sede nos EUA, a maioria está na Califórnia, representando 22% dos vendedores nos EUA. Outros locais comuns incluem Nova York, Flórida e Texas. Esses quatro maiores estados representam 50% dos vendedores dos EUA.

O CEP 11219 em Borough Park, Brooklyn, Nova York, é o código postal mais populoso. O código postal 08701 em Lakewood, Nova Jersey, e o código 91789 em Walnut, Los Angeles, Califórnia, são os próximos. O Borough Park é o lar de uma das maiores comunidades judaicas ortodoxas fora de Israel; a perspectiva de construir um negócio na Amazon trouxe um boom na comunidade judaica ortodoxa em Nova Jersey e Nova York.

“Há uma certa transformação que está acontecendo aqui”, disse o rabino Yehoshua Werde., Ele administra uma organização sem fins lucrativos chamada Crown Heights Young Entrepreneurs. “É como a corrida do ouro na década de 1840. Sempre que há uma mudança econômica, ela abre oportunidades”, disse Leticia Miranda, do BuzzFeed News. Recentemente ela pesquisou sobre a comunidade de judeus ortodoxos que vendiam na Amazônia.

Amazon na China

Para varejistas e fabricantes chineses, a Amazon é a plataforma mais eficiente para alcançar compradores dos EUA e da Europa. A participação dos vendedores na China aumentou de 24% em 2016 para 38% em outubro de 2019. No entanto, nos últimos doze meses, desacelerou o crescimento e não deverá tão logo ultrapassar 50%. Um aumento semelhante de vendedores baseados na China também foi observado nos mercados europeus da Amazon.

A província de Guangdong abriga 40,3% dos vendedores chineses. Shenzhen hospeda um terço dos vendedores chineses de terceiros na Amazon e estima-se que seja a cidade com o maior número de vendedores da Amazon em qualquer lugar do mundo. É uma cidade importante na província de Guangdong — uma das principais regiões comerciais e de manufatura da China.

Serviços Amazon

O crescimento dos vendedores chineses coincidiu com o uso do serviço Fulfillment by Amazon (FBA). No caso, permite que seus produtos tenham o mesmo frete Prime de dois dias aos vendedores domésticos — os vendedores chineses têm mais probabilidade de usar o FBA do que os americanos. Quase todos os principais vendedores chineses usam o FBA, contra 75% dos principais vendedores dos EUA. Portanto, a maioria dos compradores da Amazon desconhece o local comercial do vendedor.

As histórias de Borough Park, Brooklyn, Shenzhen e Guangdong são diferentes, mas ambos os locais, a 8.053 milhas de distância entre si, estão crescendo na Amazon graças às suas comunidades auto-organizadas.

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.