Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

Vendedores Amazon: 47% dos principais estão nos EUA, enquanto 38%, na China

Segunda-feira, 07 de outubro de 2019   Tempo de leitura: 3 minutos

Na Amazon, 47% dos principais vendedores estão nos EUA e 38% na China, de acordo com a análise Marketplace Pulse sobre os principais vendedores cujos endereços comerciais podem ser determinados com segurança. O Brooklyn, em Nova York, hospeda o código postal com a maioria dos vendedores da Amazon nos EUA, enquanto Shenzhen abriga um terço dos vendedores chineses do marketplace.

Os 10.000 vendedores principais na Amazon.com foram considerados porque, como grupo, representam a maioria do mercado GMV (volume bruto de mercadorias). Cada vendedor do grupo tem vendas anuais superiores a US$ 1 milhão. O mercado Amazon.com tem mais de um milhão de vendedores ativos; no entanto, muitos deles vendem apenas alguns produtos por mês.

Endereços movimentados

Entre os vendedores com sede nos EUA, a maioria está na Califórnia, representando 22% dos vendedores nos EUA. Outros locais comuns incluem Nova York, Flórida e Texas. Esses quatro maiores estados representam 50% dos vendedores dos EUA.

O CEP 11219 em Borough Park, Brooklyn, Nova York, é o código postal mais populoso. O código postal 08701 em Lakewood, Nova Jersey, e o código 91789 em Walnut, Los Angeles, Califórnia, são os próximos. O Borough Park é o lar de uma das maiores comunidades judaicas ortodoxas fora de Israel; a perspectiva de construir um negócio na Amazon trouxe um boom na comunidade judaica ortodoxa em Nova Jersey e Nova York.

“Há uma certa transformação que está acontecendo aqui”, disse o rabino Yehoshua Werde., Ele administra uma organização sem fins lucrativos chamada Crown Heights Young Entrepreneurs. “É como a corrida do ouro na década de 1840. Sempre que há uma mudança econômica, ela abre oportunidades”, disse Leticia Miranda, do BuzzFeed News. Recentemente ela pesquisou sobre a comunidade de judeus ortodoxos que vendiam na Amazônia.

Amazon na China

Para varejistas e fabricantes chineses, a Amazon é a plataforma mais eficiente para alcançar compradores dos EUA e da Europa. A participação dos vendedores na China aumentou de 24% em 2016 para 38% em outubro de 2019. No entanto, nos últimos doze meses, desacelerou o crescimento e não deverá tão logo ultrapassar 50%. Um aumento semelhante de vendedores baseados na China também foi observado nos mercados europeus da Amazon.

A província de Guangdong abriga 40,3% dos vendedores chineses. Shenzhen hospeda um terço dos vendedores chineses de terceiros na Amazon e estima-se que seja a cidade com o maior número de vendedores da Amazon em qualquer lugar do mundo. É uma cidade importante na província de Guangdong — uma das principais regiões comerciais e de manufatura da China.

Serviços Amazon

O crescimento dos vendedores chineses coincidiu com o uso do serviço Fulfillment by Amazon (FBA). No caso, permite que seus produtos tenham o mesmo frete Prime de dois dias aos vendedores domésticos — os vendedores chineses têm mais probabilidade de usar o FBA do que os americanos. Quase todos os principais vendedores chineses usam o FBA, contra 75% dos principais vendedores dos EUA. Portanto, a maioria dos compradores da Amazon desconhece o local comercial do vendedor.

As histórias de Borough Park, Brooklyn, Shenzhen e Guangdong são diferentes, mas ambos os locais, a 8.053 milhas de distância entre si, estão crescendo na Amazon graças às suas comunidades auto-organizadas.

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.