Redação E-Commerce Brasil

Varejistas usam dados sociais para melhorar experiência do consumidor

Segunda-feira, 18 de maio de 2015

Oito em cada dez varejistas têm ou planejam integrar dados sociais no CRM

O engajamento social com marcas varejistas, especialmente no Facebook é alto. De acordo com uma pesquisa recente, varejistas estão procurando alavancar algumas interações para colher informações e melhorar experiências do consumidor.

Current and Planned Integration of CRM with Select Social Networks Among Retail Executives in North America, April 2015 (% of respondents)

Entre os empreendedores do varejo na América do Norte, consultados pelo Boston Retail Partners em abril de 2015, 31% integraram seus sistemas de CRM (Customer Relationship Management) ao Facebook e além disso, 49% pretendiam fazer isso nos próximos dois anos. Cerca de sete em dez entrevistados integraram o Twitter em seus CRMs ou planejam fazer isso nos próximos dois anos, e uma porcentagem parecida disse a mesma coisa do Pinterest e Instagram.

Uma pesquisa de outubro de 2014 da Colloquy destacou uma área onde os insights sociais eram usados. Entre os varejistas dos EUA entrevistados, 59% disseram que usam dados das mídias sociais para melhorar a relevância de sua comunicação de marketing.

A integração do social e do CRM poderia também ajudar os varejistas a levantarem informações para negociar com consumidores descontentes. Entre os entrevistados pela Boston Retail Partners, cerca de três quartos usavam mídias sociais para alguma extensão quando tentam reconstruir relacionamentos de consumidor desgastados.

Esse tipo de esforço poderia restabelecer a visão uma vez positiva do varejista e trazer de volta o negócio perdido.

Dados do primeiro trimestre de 2015 do MarketLive sugerem que varejistas que levantam dados sociais para interagir melhor com seus consumidores em suas plataformas aumentam o tráfego e a conversão em dólares. De acordo com a análise, o share de tráfego de varejistas de e-commerce dos EUA liderados pelo social pulou quase 200% entre o primeiro trimestre de 2014 e o primeiro trimestre de 2015. Ao mesmo tempo, plataformas aumentaram sua proporção de receitas de e-commerce em 72%.

Fonte: eMarketer

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER