Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

17% compras na Copa tiveram tecnologia de pagamento sem contato na Rússia

Quarta-feira, 04 de julho de 2018   Tempo de leitura: 4 minutos

A Visa divulgou, nesta segunda-feira (3), uma análise dos gastos dos viajantes internacionais nos primeiros dias da Copa do Mundo da FIFA 2018. Os resultados revelaram que, nas 11 cidades-sede do torneio na Rússia, a tecnologia de pagamento sem contato foi usada em aproximadamente uma em cinco compras pagas com Visa (17%), incluídos aqui os pagamentos realizados com smartphones, pulseiras e anéis.

Nos estádios, 54% dos pagamentos foram sem contato, considerando as compras realizadas por torcedores russos e estrangeiros.

Quem usou Visa gastou, em média, 3.575 rublos (cerca de R$ 218) por transação. Os torcedores dos Estados Unidos foram os que mais gastaram; em segundo e em terceiro lugares, vieram os chineses e os mexicanos, respectivamente.

“Muitos dos visitantes internacionais que estão prestigiando o evento não conheciam a Rússia”, disse Ekaterina Petelina, gerente geral da Visa no país. “Especialmente nos estádios, os torcedores estão usando a tecnologia de pagamento sem contato para reduzir o tempo nas filas e voltar rapidamente aos seus lugares para acompanhar os lances no gramado.”

Gastos por cidade-sede

As cinco cidades-sede da Copa onde os turistas mais gastaram – dentro e fora do estádio – foram:

  • Moscou: 1.700 milhões de rublos (R$ 105 milhões)
  • São Petersburgo: 506 milhões de rublos (R$ 31 milhões)
  • Sochi: 104 milhões de rublos (R$ 6,2 milhões)
  • Kazan: 71 milhões de rublos (R$ 4,2 milhões)
  • Ecaterimburgo: 48 milhões de rublos (R$ 2,9 milhões)

Já a maior média por compra individual foi observada nas seguintes categorias:

  • Produtos de luxo: 23.000 rublos (R$ 1,4 mil)
  • Hospedagem: 15.000 rublos (R$ 927,20)
  • Roupas e acessórios de moda: 8.000 rublos (R$ 494,50)

De modo geral, a maioria das compras realizadas nas cidades-sede foi nas categorias de hospedagem, vestuário e acessórios de moda e restaurantes.

Gastos dentro dos estádios

O Estádio Luzhniki foi o local de competição líder em número total de transações de pagamento, com 139 milhões de rublos (R$ 8,5 milhões). Desse total, 71 milhões de rublos (US$ 4,3 milhões) foram gastos por estrangeiros e 68 milhões de rublos (R$ 4,2 milhões) por cidadãos russos.

O maior volume de transações foi registrado no primeiro jogo da Copa, no dia 14 de junho, quando a Rússia enfrentou a Arábia Saudita e torcedores de 123 países lotaram o estádio.

O segundo maior volume foi registrado no dia 17 de junho, quando a Alemanha jogou contra o México. O valor médio das transações realizadas dentro dos estádios nos cinco primeiros dias do evento foi de 1.682 rublos (R$ 103).

Em média, os torcedores russos fizeram duas vezes mais transações para pagar alimentos e bebidas do que os torcedores estrangeiros; no entanto, o valor médio por transação dos estrangeiros foi 1,5 vez maior do que o valor médio das transações dos russos nessas categorias.

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

O projeto E-Commerce Brasil é mantido pelas empresas:

Oferecimento:
Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Recrutamento & Seleção: Dialhost Métricas & Analytics: MetricasBoss

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.