Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

17% compras na Copa tiveram tecnologia de pagamento sem contato na Rússia

Quarta-feira, 04 de julho de 2018   Tempo de leitura: 4 minutos

A Visa divulgou, nesta segunda-feira (3), uma análise dos gastos dos viajantes internacionais nos primeiros dias da Copa do Mundo da FIFA 2018. Os resultados revelaram que, nas 11 cidades-sede do torneio na Rússia, a tecnologia de pagamento sem contato foi usada em aproximadamente uma em cinco compras pagas com Visa (17%), incluídos aqui os pagamentos realizados com smartphones, pulseiras e anéis.

Nos estádios, 54% dos pagamentos foram sem contato, considerando as compras realizadas por torcedores russos e estrangeiros.

Quem usou Visa gastou, em média, 3.575 rublos (cerca de R$ 218) por transação. Os torcedores dos Estados Unidos foram os que mais gastaram; em segundo e em terceiro lugares, vieram os chineses e os mexicanos, respectivamente.

“Muitos dos visitantes internacionais que estão prestigiando o evento não conheciam a Rússia”, disse Ekaterina Petelina, gerente geral da Visa no país. “Especialmente nos estádios, os torcedores estão usando a tecnologia de pagamento sem contato para reduzir o tempo nas filas e voltar rapidamente aos seus lugares para acompanhar os lances no gramado.”

Gastos por cidade-sede

As cinco cidades-sede da Copa onde os turistas mais gastaram – dentro e fora do estádio – foram:

  • Moscou: 1.700 milhões de rublos (R$ 105 milhões)
  • São Petersburgo: 506 milhões de rublos (R$ 31 milhões)
  • Sochi: 104 milhões de rublos (R$ 6,2 milhões)
  • Kazan: 71 milhões de rublos (R$ 4,2 milhões)
  • Ecaterimburgo: 48 milhões de rublos (R$ 2,9 milhões)

Já a maior média por compra individual foi observada nas seguintes categorias:

  • Produtos de luxo: 23.000 rublos (R$ 1,4 mil)
  • Hospedagem: 15.000 rublos (R$ 927,20)
  • Roupas e acessórios de moda: 8.000 rublos (R$ 494,50)

De modo geral, a maioria das compras realizadas nas cidades-sede foi nas categorias de hospedagem, vestuário e acessórios de moda e restaurantes.

Gastos dentro dos estádios

O Estádio Luzhniki foi o local de competição líder em número total de transações de pagamento, com 139 milhões de rublos (R$ 8,5 milhões). Desse total, 71 milhões de rublos (US$ 4,3 milhões) foram gastos por estrangeiros e 68 milhões de rublos (R$ 4,2 milhões) por cidadãos russos.

O maior volume de transações foi registrado no primeiro jogo da Copa, no dia 14 de junho, quando a Rússia enfrentou a Arábia Saudita e torcedores de 123 países lotaram o estádio.

O segundo maior volume foi registrado no dia 17 de junho, quando a Alemanha jogou contra o México. O valor médio das transações realizadas dentro dos estádios nos cinco primeiros dias do evento foi de 1.682 rublos (R$ 103).

Em média, os torcedores russos fizeram duas vezes mais transações para pagar alimentos e bebidas do que os torcedores estrangeiros; no entanto, o valor médio por transação dos estrangeiros foi 1,5 vez maior do que o valor médio das transações dos russos nessas categorias.

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.