Redação E-Commerce Brasil

Twitter lança e-commerce nos EUA que permite comprar diretamente dos perfis

Terça-feira, 03 de agosto de 2021   Tempo de leitura: 3 minutos

O Twitter iniciou os primeiros testes para o lançamento do que deverá ser uma espécie de e-commerce dentro da plataforma. Na semana passada, a rede social anunciou o Twitter Shopping nos Estados Unidos, projeto ainda piloto que permite fazer compras através dos perfis dos usuários. Em princípio, a funcionalidade está disponível apenas para norte-americanos.

Os usuários poderão percorrer um carrossel de imagens de produtos no módulo e tocar em um produto que estão interessados ​​em comprar. Isso abre o site da empresa dentro do próprio aplicativo do Twitter, e o cliente pode saber mais sobre o produto em questão e optar pela compra.

Twitter Shopping
Twitter Shopping está ainda no projeto piloto, sómente para usuários iOS dos EUA

Leia também: Três em cada quatro pessoas que usam Twitter encontram opiniões úteis na plataforma

Em princípio, apenas perfis comerciais estão habilitados para oferecer produtos, mas o Twitter já estuda a possibilidade de oferecer o serviço para qualquer usuário nos Estados Unidos.

Perfis profissionais, que começaram a ser testados em abril , permitem que empresas, organizações sem fins lucrativos, editores e criadores exibam informações específicas sobre seus negócios diretamente em seus perfis, incluindo endereço, número de telefone, horário de funcionamento, etc.

Apesar de se parecer muito com a funcionalidade do Facebook Business, o Twitter ainda não classifica o Módulo de Loja como um marketplace.

O Módulo de Loja aparecerá em um novo espaço dedicado na parte superior de um perfil do Twitter compatível, que pode ser visto por usuários dos EUA, em inglês e apenas para dispositivos iOS.

Com o piloto, o Twitter visa entender melhor o que poderia ajudá-lo a fazer essa mudança, rastreando quais tipos de produtos direcionam o tráfego para os varejistas online. Por exemplo, ele quer determinar se as pessoas são inspiradas por conversas online no calor do momento – como fãs de esportes comprando roupas do time – ou se os usuários do Twitter podem ser encorajados a fazer compras de impacto mais duradouro.

Com informações do TechCrunch

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER